A efetividade da eletroestimulação muscular na reabilitação de pacientes com lesão de tecidos moles do joelho: revisão sistemática e metanálise

A efetividade da eletroestimulação muscular na reabilitação de pacientes com lesão de tecidos moles do joelho: revisão sistemática e metanálise

Título alternativo The effectiveness of eletrical stimulation after soft tissue knee injuries: a systematic review and meta-analysis
Autor Imoto, Aline Mizusaki Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Atallah, Álvaro Nagib Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo
Pós-graduação Saúde baseada em evidências - São Paulo
Resumo Objetivo: Avaliar a efetividade da eletroestimulação no aumento de força muscular em um programa de reabilitação fisioterapêutica após lesões de tecidos moles do joelho tratados de forma cirúrgica ou não. Métodos: Revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados. Foi realizada uma pesquisa ampla da literatura de estudos em que a intervenção principal fosse a eletroestimulação em um programa de reabilitação fisioterapêutica com o objetivo de aumento de força muscular em indivíduos com lesão de tecidos moles de joelho tratados de forma cirúrgica ou não. Durante a pesquisa, não houve restrição de idioma, data ou fonte de publicação. A pesquisa foi realizada nas seguintes bases de dados eletrônicas: Central, LILACS, MEDLINE, EMBASE, CINAHL e PEDro, além de listas de referências de artigos e contatos com especialistas. Os estudos incluídos foram submetidos à avaliação da qualidade metodológica, e os revisores extraíram os dados de forma independente. Resultados: Foram incluídos oito estudos. Sumarizamos os resultados desses, por meio de uma análise de dados individuais dos desfechos de interesse. Pudemos realizar uma metanálise com dois estudos. Houve diferença estatisticamente significante a favor da eletroestimulação na força do quadríceps quando esta foi avaliada na 6a e 8a semanas após a cirurgia. Não houve diferença significante na força do quadríceps na 12a e 52a semanas de pós operatório. Em relação à função houve diferença significante a favor do uso da eletroestimulação no Activity of Daily Living Scale (ADLS), velocidade da marcha, tempo de apoio sobre o lado operado durante a marcha, cadência e dor no joelho. Conclusões: A evidência disponível dos ensaios clínicos randomizados de qualidade metodológica limitada sobre a efetividade da eletroestimulação muscular em indivíduos com lesões de tecidos moles no joelho mostra que esta, quando em conjunto à reabilitação convencional pode ser efetiva no aumento da força do músculo quadríceps avaliada entre a 6a e 8a semanas pós-operatório. Entretanto revela inexistência de diferença significante na avaliação realizada na 12a e 52a semanas após a cirurgia.

Purpose: Evaluate the effectiveness of electrical stimulation in increase of muscle strenght after soft tissue knee injuries treated by surgery or not. Methods: Systematic review of randomized clinical trials. We did a search for studies that used the electrical stimulation for increase muscle strenght in the rehabilitation of patients with soft tissue knee injuries treated by surgery or not. There wasn’t restriction of language, publication year or publication database. We searched the following electronical database: Central (Cochrane Lybrary), LILACS, MEDLINE, EMBASE, CINAHL e Pedro. Besides those databases we used the reference list of articles and professional contacts. The included studies was submitted to a metodological quality assessment using Jadad scale, Delphi List, Cochrane Bons, Joint and Muscle trauma Group and Cochrane handbook scale. Results: It was included 8 studies. Despite the heterogeneity of the studies, it was not possible to do a metanalysis with all studies, however the weight mean difference of continuous data and the relative risk of dicotomic data were calculated. There was statistical difference in favour of electrical stimulation on quadriceps strentgh at 6 to 8 weeks after surgery. There wasn’t statistical difference between the use or not on: quadriceps isometric and isokinetic strentgh at 12 to 52 weeks after surgery, ADLS (Activity of Daily Living Scale), use of crutches, progression to treadmill, walking velocity, stance time of involved limb, cadence and knee pain. Conclusion: The evidence available from limitated quality randomized clinical trials about the effectiveness of electrical stimulation in the rehabilitation of patients with soft tissue knee injuries treated by surgery or not shows that the electrical stimulation added to a conventional rehabilitation program is effective in increase of muscle strength and function at 6 to 8 weeks after surgery and without difference when the patients were evaluated at 12 to 52 weeeks after surgery.
Assunto Terapia por estimulação elétrica
Estimulação elétrica
Joelho
Lesão dos tecidos moles
Idioma Português
Data 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 117 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 117 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21227

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-21227.pdf
Tamanho: 531.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta