Fatores predisponentes para amputação de membro inferior em pacientes diabéticos com pés ulcerados

Fatores predisponentes para amputação de membro inferior em pacientes diabéticos com pés ulcerados

Título alternativo Presisposing factors for amputation of lower extremities in diabetic patients with feet ulceration
Autor Nunes, Marco Antonio Prado Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Figueiredo, Luis Francisco Poli de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Contexto: A amputação de membros inferiores é uma das principais conseqüências do diabete melito e das ulcerações nos pés. Assim, através de medidas de promoção da saúde, prevenção de agravos e de uma atenção à saúde de melhor qualidade, essas complicações podem ser evitadas, trazendo benefícios para o doente redução de custos para o sistema de saúde. Porém verifica-se desestruturação em todos os níveis de atendimento a esses doentes no Estado de Sergipe. Objetivos: Analisar a utilização das técnicas diagnósticas e terapêuticas específicas para o cuidado de lesões vasculares nos doentes diabéticos com pés ulcerados e determinar os fatores de risco para a amputação de membros inferiores nesses pacientes. Tipo de estudo: Observacional analítico prospectivo do tipo coorte. Local: A pesquisa foi realizada nos serviços hospitalares que prestam atendimento terciário ao Sistema Único de Saúde no Estado de Sergipe. Amostra: Foi utilizada uma amostra não probabilística por conveniência, na qual todos os pacientes diabéticos internados nesses serviços, no período de seis meses, com o diagnóstico de úlceras nos pés foram incluídos no trabalho. Variáveis estudadas: Amputação; tempo de diagnóstico do diabete melito; número de dias internados; tempo de ulceração; número de úlceras; classificação de Wagner; presença de pulsos distais; tratamento cirúrgico de revascularização de membros inferiores; avaliação por imagem de moléstias vasculares; presença de neuropatia periférica; tipo de acesso ao serviço hospitalar; ulcerações e amputações anteriores; fator desencadeante da lesão nos pés. Método Estatístico: Foi aplicado, no caso das variáveis contínuas, o teste t de Student, no nível de 5 por cento de probabilidade, para comparação de médias entre pacientes amputados e não amputados e, no caso de variáveis discretas, o teste qui-quadrado, no mesmo nível de probabilidade, para testar a independência entre essas variáveis e a variável amputação. Em seguida foi aplicada aos dados uma análise de regressão logística, com o objetivo de predizer a probabilidade da variável resposta em função das variáveis explanatórias. Resultado: Durante o acompanhamento da internação hospitalar de 80 doentes com pés diabéticos, verificou-se que 55 por cento (44/80) destes evoluíram para algum tipo de amputação de membros inferiores, e apenas 5 por cento (4/80) foram submetidos a procedimentos para revascularização dos membros inferiores. Foram do sexo feminino 59 por cento (47/80) dos pacientes; e a mediana de idade, de 61 anos. Quando comparadas as faixas etárias, verificou-se a ocorrência de amputação significativamente mais freqüente na acima de 60 anos (p = 0,03). A mediana do tempo de diagnóstico do diabetes foi de 10 anos, a de tempo de ulceração foi de 30 dias; o tempo médio de internação foi de 16 dias, porém não se observou uma variação significativa dessas três variáveis em relação ao grupo de pacientes que foram amputados. Entretanto as lesões mais graves, quando avaliadas pela classificação de Wagner (p < 0,001) e pela ausência de detecção dos dois pulsos distais dos membros inferiores (p < 0,001), revelaram-se bastante significativas com relação ao desfecho amputação. Conclusão: Observou-se um grande número de amputações primárias em pacientes com pés diabéticos e com ausência de pulsos e que não foram submetidos a técnicas diagnósticas e terapêuticas que poderiam salvar essas extremidades, tendo sido considerados fatores de risco para a ocorrência das amputações a gravidade das lesões, a ausência de pulsos distais e a faixa etária acima de 60 anos.
Assunto Amputação
Diabetes mellitus
Pé diabético
Úlcera
Idioma Português
Data 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 89 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 89 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21238

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta