Concepções de saúde, doença e tratamento de pacientes que aderem à homeopatia em Santos-SP

Concepções de saúde, doença e tratamento de pacientes que aderem à homeopatia em Santos-SP

Título alternativo Conceptions of health, illness and treatment of patients who adhere to homeopathy in Santos-SP
Autor Justo, Celia Maria Patriani Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gomes, Mara Helena de Andrea Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Aprofundar o conhecimento sobre pacientes que aderem à homeopatia, investigando suas concepções de saúde, doença, tratamento e significado da relação religiosidade-saúde. Métodos: Este estudo é descritivo e de tipo qualitativo, no contexto histórico de implantação da homeopatia como opção terapêutica na rede pública de serviços de saúde de Santos. A investigação foi realizada por meio de metodologia qualitativa por permitir melhor aproximação à dimensão subjetiva que nos propusemos estudar, relativa às crenças, aos valores e aos significados que os pacientes entrevistados atribuem à homeopatia, no período investigado. Para recuperar o contexto histórico de implantação e consolidação da homeopatia na cidade de Santos, procedemos à coleta e análise de documentos e relatórios técnicos, à leitura de livro, de artigos de jornal e de revistas científicas, além de colhermos depoimentos de profissionais que acompanharam esse processo. Realizamos entrevistas durante os meses de fevereiro a junho de 2005, junto a 20 pacientes adultos de ambos os sexos, em tratamento com médicos homeopatas da rede pública e de consultórios particulares, com tempo de adesão mínimo de dois anos. As entrevistas, de tipo semi¬estruturado, foram orientadas por categorias temáticas previamente construídas, e os depoimentos obtidos foram organizados por meio de análise de conteúdo. Além desses recursos de coleta e registro de informações, recorremos à prática de anotações em diário de campo para ajudar a compor a situação investigada. Resultados: Com os procedimentos que adotamos podemos afirmar que as concepções de saúde e doença dos entrevistados estão relacionadas à idéia de equilíbrio/desequilíbrio vital, mediado pela interação corpo-mente. A homeopatia é procurada como decorrência de insatisfação com um tratamento convencional, ou por influência familiar ou, ainda, por indicação de outras pessoas. A adesão a essa terapêutica, no entanto, ocorre em função do bem estar relatado e dos resultados positivos encontrados. A terapêutica homeopática, que tem também um caráter preventivo, aborda o paciente sob uma visão integral, o remédio homeopático cura sem agredir o organismo, o preço do medicamento é acessível e a implantação da homeopatia na rede de saúde pública amplia a possibilidade de acesso a essa terapêutica. Aqueles que provaram adesão relatam persistência no tratamento, mesmo sob pressão de outras pessoas. No entanto, relatam também dificuldades em cumprir a receita e a necessidade de maior divulgação da homeopatia. Ter fé é um componente importante, tanto na saúde como na doença, além de coadjuvar na recuperação e na cura. Encontramos coerência entre as concepções de saúde e doença e os princípios da homeopatia, assimilados por intermédio do forte vínculo dos pacientes com o médico homeopata. Conclusões: Investigar crenças, valores e significados que os pacientes da homeopatia atribuem a essa terapêutica possibilitou-nos compreender aspectos subjetivos que efetivamente interferem no processo de adesão a um tratamento. Com esta pesquisa, esperamos subsidiar outras práticas de intervenção preocupadas em ampliar o entendimento da complexa relação saúde-doença, entre as quais a epidemiologia, como ciência de fronteira, se constitui como importante elo interdisciplinar com o qual acreditamos ser possível e necessário estreitar diálogos.
Assunto Homeopatia
Aceitação pelo paciente de cuidados de saúde
Participação do paciente
Pesquisa qualitativa
Atenção primária à saúde
Saúde pública
Idioma Português
Data 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 102 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 102 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21265

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta