Avaliacao do volume placentario atraves da ultrasonografia tridimensional de 7 a 11 semanas de gestacao

Avaliacao do volume placentario atraves da ultrasonografia tridimensional de 7 a 11 semanas de gestacao

Título alternativo Placental volume measured by threedimensional ultrasound from 7 to 11 weeks of gestation
Autor Nowak, Paulo Martin Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: determinar valores de referencia para o volume da placenta por meio da ultra-sonografia tridimensional de 7 a 11 semanas de gravidez. Metodos: realizou-se um estudo de corte transversal envolvendo 70 gestantes normais entre 7 a 11 semanas. As medidas do volume da placenta foram aferidas utilizando-se o metodo VOCALTM (Virtual Organ Computer-aided Analysis) com angulo de rotacao de 30°. Foram calculados para o volume da placenta: media, mediana, desvio-padrao e valores maximo e minimo, alem dos percentis 2,5, 10, 50, 90 e 97,5. A correlacao entre o volume da placenta e o comprimento cabeca-nadega (CCN) foi avaliada utilizando-se modelos de regressao, sendo o ajuste realizado pelo coeficiente de determinacao (R2). Para o calculo da variabilidade intra e inter-observador, utilizou-se o coeficiente de correlacao intraclasse (ricc). Resultados: o volume da placenta variou de 1,7 a 42,6 cm3, com media de 13,6 cm3 (± 9,4 cm3). O volume da placenta se mostrou altamente correlacionado com o CCN [volume da placenta = 1,738exp(0,076 x CCN); R2=0,76]. A media do volume placentario aumentou 10,5 vezes, enquanto o CCN aumentou apenas 4,4 vezes. A variabilidade intra e interobservador foram excelentes (ricc= 0,979 e 0,971 respectivamente). Conclusoes: Os valores de referencia para o volume placentario entre 7 e 11 semanas de gestacao foram determinados. O volume placentario se mostrou uma tecnica altamente reprodutivel
Assunto Feminino
Humanos
Placenta
Ultrassonografia
Ultrassonografia Pré-Natal
Gravidez
Feminino
Humanos
Idioma Português
Data 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 76 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 76 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22786

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta