Função ventilatória e pressão intra-abdominal em abdominoplastia com plicatura da aponeurose do oblíquo externo

Função ventilatória e pressão intra-abdominal em abdominoplastia com plicatura da aponeurose do oblíquo externo

Título alternativo Ventilatory function and intra-abdominal pressure in abdominoplasty with plication of the aponeurosis of the external oblique
Autor Rodrigues, Maria Amelia Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nahas, Fabio Xerfan Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia Translacional
Resumo Introdução: Os valores obtidos pela espirometria encontram-se alterados nosmprimeiros dias apos a abdominoplastia, quando e realizada a correcao da diastase dos musculos retos do abdome. A fim de se obter melhor contorno corporal, em casos especificos pode-se associar a plicatura da aponeurose do musculo obliquo externo alem da plicatura do musculo reto do abdome. O objetivo deste estudo foi avaliar funcao ventilatoria e pressao intra-abdominal em abdominoplastia com plicatura da aponeurose do obliquo externo. Metodos: Foram selecionadas 18 pacientes, do genero feminino, tipo B/III de Nahas, sem doencas sistemicas, nao tabagistas e sem cirurgias abdominais previas. Foi realizada espirometria no pre- operatorio e no segundo, setimo e decimo quinto dias de pos- operatorio. A dor foi avaliada por Escala Visual Analogica, nos mesmos periodos. No intraoperatorio, a pressao intraabdominal foi medida em cinco momentos: antes da incisao cutanea, apos a plicatura do musculo reto do abdome, apos a plicatura em oLo da aponeurose do musculo obliquo externo, apos o termino da cirurgia e apos a colocacao da cinta elastica. Resultados: Houve diminuicao com significancia estatistica da Capacidade Vital Forcada, Volume Expiratorio Forcado no primeiro segundo, Fluxo Expiratorio Forcado 25-75%, Capacidade Vital e Capacidade Inspiratoria no pos-operatorio, sendo que no decimo quinto dia os valores ja se encontravam bem proximos aos da espirometria pre-operatoria. Essa diminuicao dos valores da espirometria nao se mostrou relacionada a dor, ao aumento pressao intra-abdominal e ao Indice de Massa Corporal que a paciente apresentava. Houve aumento com significancia estatistica da pressao intra-abdominal quando comparado os valores pre-incisao aqueles obtidos apos a colocacao da cinta elastica. Conclusao: Os parametros espirometricos apresentaram-se diminuidos no segundo e setimo dias de pos-operatorio tendendo a valores normais no decimo quinto dia em abdominoplastia com plicatura da aponeurose do obliquo externo. A cinta compressiva abdominal promoveu aumento com significancia estatistica da Pressao Intra-abdominal. A dor pos-operatoria, o tamanho da diastase, o Indice de Massa Corporal e o aumento de Pressao Intra-abdominal nao estao relacionados as alteracoes na funcao ventilatoria
Assunto Humanos
Feminino
Abdome
Espirometria
Cirurgia Geral
Abdominoplastia
Humanos
Feminino
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 72 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 72 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22828

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-22828.pdf
Tamanho: 3.032Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta