Avaliação da expressão genica do estresse oxidativo e da defesa antioxidante em rim de camundongos, submetidos a isquemia e repercussão intestinal, sob oxigenação hiperbólica

Avaliação da expressão genica do estresse oxidativo e da defesa antioxidante em rim de camundongos, submetidos a isquemia e repercussão intestinal, sob oxigenação hiperbólica

Título alternativo Evaluation of gene expression of oxidative stress and antioxidant defense in kidney of mice submitted to ischemia and reperfusion of small bowel under hyperbaric oxygenation
Autor Teruya, Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: determinar o perfil da expressao genica relacionado ao estresse oxidativo e a resposta antioxidante em rim de camundongos submetidos a isquemia e reperfusao de intestino delgado e submetidos a oxigenacao hiperbarica. Metodos: Trinta camundongos (C57-BL/6) foram submetidos a anestesia, laparotomia, sendo vinte e quatro animais submetidos a isquemia intestinal de 60 minutos seguido de 60 minutos de reperfusao. Tres desses grupos com seis animais foram submetidos a oxigenacao hiperbarica em periodos distintos: durante a isquemia (GOHB-I), durante o periodo de reperfusao (GOHB-R), nos periodos de isquemia e reperfusao (GOHB-IR) e um grupo nao recebeu a OHB (GIR). Um grupo foi somente anestesiado, operado, sem realizar clampeamento vascular do intestino (GC). Foram coletados especimes de intestino e rim para estudo histologico (coloracao HE) e avaliacao do grau de lesao morfologica. A expressao de 84 genes foi determinada pelo sistema, da Reacao de Polimerase em Cadeia em Tempo Real (RT-qPCR - SA BiosciencesTM - Quiagen Co). Para dados da expressao genica foi considerada a variacao do ciclo limiar (Ct) do grupo estudo comparado com o ciclo limiar (Ct) grupo controle expressos na base logaritmica (2) pela formula [2-ΔΔCt], admitido um p≤0,05 para rejeicao da hipotese de nulidade. Resultados: nos animais do grupo GIR, houve expressao genica acima do limiar de normalidade, mostrando relacao da isquemia intestinal com o estresse oxidativo no tecido renal. Nos grupos GOHB-R (36.9%) e no GOHB-IR (47.6%), tambem ocorreu expressao acima do limiar de normalidade. No GOHB-I (8,3%), houve reducao do numero de genes com expressao acima da normalidade, evidenciando uma acao favoravel da OHB nessa situacao sobre o estresse oxidativo e da defesa antioxidante. Conclusoes. A IR intestinal promoveu um perfil de hiperexpressao dos genes relacionados ao estresse oxidativo e defesa antioxidante a distancia sobre o tecido renal. A aplicacao da OHB durante a isquemia promoveu uma significante reducao no numero de genes expressos acima do limiar da normalidade. A OHB aplicada durante a reperfusao ou na isquemia/reperfusao manteve um perfil similar ao do grupo controle
Assunto Animais
Expressão Gênica
Oxigenação Hiperbárica
Rim
Antioxidantes
Radicais Livres
Camundongos Endogâmicos
Animals
Gene Expression
Hyperbaric Oxygenation
Kidney
Antioxidants
Free Radicals
Mice, Inbred Strains
Idioma Português
Data 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 120 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 120 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22836

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta