Treinamento de medicos residentes em cardiologia para realizacao de ultrassom cardiaco direcionado

Treinamento de medicos residentes em cardiologia para realizacao de ultrassom cardiaco direcionado

Título alternativo Training of cardiology residents to perform focused cardiac ultrasound
Autor Siqueira, Vicente Nicoliello Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A capacitacao para realizar e interpretar um ecocardiograma completo em nosso meio requer o treinamento especifico de cardiologistas e equipamentos convencionais com todas as funcoes disponiveis. Exame ultrassonografico direcionado do coracao para resolucao de problemas especificos pode ser realizado com equipamentos menores ou portateis, com funcoes basicas e manuseio simplificado e podem ser uma alternativa para solucao de problemas pontuais de forma rapida pelo cardiologista clinico durante o atendimento medico. Enquanto os ecocardiografistas sao habilitados tambem a utilizar equipamentos portateis de ultrassom (EPU) para exames cardiacos, os requisitos de formacao para o cardiologista clinico utilizar esse tipo de equipamento e realizar ultrassom cardiaco direcionado ainda nao estao definidos. Em nosso meio, o treinamento em ecocardiografia durante o programa de residencia medica em cardiologia inclui apenas conhecimentos teoricos. O objetivo deste estudo foi: avaliar os resultados de um programa de treinamento de medicos residentes em cardiologia para realizar ultrassom cardiaco direcionado em diferentes unidades de atendimento. Metodos: 12 medicos residentes em cardiologia foram submetidos a uma avaliacao teorica composta por 50 questoes, seguida por quatro aulas de ecocardiografia basica, interpretacao de 50 ecocardiogramas e a realizacao 30 exames com EPU sob a supervisao de ecocardiografistas. Apos esse periodo, eles repetiram o teste teorico e realizaram outros 30 exames cada um (total de 360 pacientes), na sala de emergencia, enfermaria, unidade de terapia intensiva ou ambulatorio, relatando 15 parametros anatomicos ou funcionais e um diagnostico final, de acordo com o quadro clinico ou a pergunta principal. Os resultados foram comparados com o exame realizado por um ecocardiografista com o EPU, por meio de testes de Kappa e t; significativos se p <0,05. Resultados: Os acertos no teste teorico foram maiores apos o treinamento (86,3%) do que antes (51,3%) (p = 0,001). Entre os 15 parametros analisados a concordancia (Kappa) entre os medicos residentes e os ecocardiografistas variou de 0,615, para regurgitacao aortica ate 0,891 (p <0,001) para a funcao ventricular. Em relacao ao diagnostico final a concordancia (Kappa) foi de 0,941 no total das unidades e variou de 0,887 a 0,965 entre elas. Os diagnosticos finais foram: comprometimento segmentar em 24,4%, normal em 23,6%, miocardiopatia dilatada em 19,1%, doenca valvar em 15,4%, hipertrofia ventricular esquerda em 5,6%, disfuncao ventricular esquerda em 5,3%, hipertensao pulmonar em 3,9% e derrame pericardico em 2,5%. Conclusao: Ao final do treinamento, os medicos residentes em cardiologia tiveram melhora significativa no desempenho teorico em ecocardiografia. Alem disso, foram capazes de obter imagens, interpretar itens especificos do exame ultrassonografico do coracao e concluir diagnosticos finais com elevados niveis de concordancia em relacao ao exame realizado por ecocardiografistas em diferentes unidades de atendimento
Assunto Humanos
Ultrassom
Corpo Clínico Hospitalar
Ecocardiografia
Técnicas de Diagnóstico Cardiovascular
Humanos
Idioma Português
Data 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 75 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22842

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta