Papel da angiotensina II e angiotensina-(1-7) na proliferacao e progressao do cancer de mama

Papel da angiotensina II e angiotensina-(1-7) na proliferacao e progressao do cancer de mama

Título alternativo Role of angiotensin II and angiotensin-(1-7) in the proliferation and progression of breast cancer
Autor Santos, Cheryl Alecrim Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: O cancer de mama e a neoplasia mais comum entre as mulheres, sendo responsavel por milhares de obitos anuais. Dentre os diversos mediadores que atuam no processo carcinogenico, os componentes do sistema renina-angiotensina tem assumido um papel relevante, destacando-se a angiotensina II (Ang II) e a angiotensina-(1-7) [Ang-(1-7)]. A Ang II e um peptideo vasoconstritor, com propriedades proliferativas e angiogenicas, que pode causar hiperplasia e hipertrofia em cardiomiocitos. A Ang-(1-7) e um heptapeptideo com acoes vasodilatadoras e antiproliferativas. Estudos recentes demonstraram que Ang-(1-7) e capaz de induzir apoptose em linhagens neoplasicas de pulmao. O objetivo deste estudo foi avaliar o papel da Ang II e Ang-(1-7) na proliferacao e progressao do cancer de mama. Metodos: Celulas de carcinoma ductal mamario (T47D) e celulas epiteliais mamarias normais (MCF-10A) foram tratadas com Ang II e Ang-(1-7) (10-6M) por diferentes periodos. A proliferacao celular foi determinada utilizando-se uma camara de Neubauer. A avaliacao da apoptose e distribuicao das celulas nas diferentes fases do ciclo celular foi realizada atraves de ensaios de citometria de fluxo. A expressao de 84 genes envolvidos na morte celular programada foi avaliada por meio de qPCR Array. Utilizou-se o programa MetaCore para identificar possiveis vias de sinalizacao para apoptose. Resultados: Ang II aumentou a proliferacao de celulas T47D e celulas MCF-10A (p<0.05), enquanto a Ang-(1-7) inibiu a proliferacao de celulas T47D (p<0.05). A Ang-(1-7) induziu a apoptose em celulas T47D (p<0.5), mas este efeito nao foi observado em celulas MCF-10A. Em celulas T47D, a Ang II alterou a expressao de aproximadamente 26% dos genes investigados, enquanto a Ang-(1-7) alterou a expressao de mais de 70% dos genes, sobretudo de genes pro-apoptoticos. O MetaCore identificou uma importante via de sinalizacao para apoptose envolvendo os genes cuja expressao foi fortemente alterada pela Ang-(1-7). Conclusoes: Em celulas mamarias normais e tumorais, a Ang II tem efeito proliferativo associado a inibicao de mecanismos apoptoticos. A Ang-(1-7), por sua vez, exerce efeitos opostos sendo capaz de estimular as vias extrinseca e intrinseca da apoptose em linhagem celular de carcinoma ductal mamario sem, entretanto, induzir efeitos citotoxicos nas celulas mamarias normais
Assunto Humanos
Feminino
Neoplasias da Mama
Sistema Renina-Angiotensina
Angiotensina II
Proliferação de Células
Apoptose
Humanos
Feminino
Idioma Português
Data 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 61 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 61 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22865

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta