Eficácia e segurança do fechamento endoscópico da perfuração gástrica após notes - estudo experimental em suínos

Eficácia e segurança do fechamento endoscópico da perfuração gástrica após notes - estudo experimental em suínos

Título alternativo Evaluation of endoscopic closing for treatment of gastric perforation after NOTES
Autor Di Sena, Veruska Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferrari, Angelo Paulo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Gastroenterologia – São Paulo
Resumo IntroduÁ„o: O acesso peritoneal trans-luminal vem sendo importante foco de estudo no desenvolvimento da cirurgia minimamente invasiva. TÈcnicas apropriadas para o fechamento das perfuraÁıes e o risco de peritonite s„o problemas persistentes no desenvolvimento desta tÈcnica. O fechamento endoscÛpico das perfuraÁıes g·stricas com endoclipes tem sido descrito. Entretanto, o tempo de cicatrizaÁ„o da parede g·strica e a real necessidade de fechamento das perfuraÁıes no modelo suÌno permanecem incertos. O objetivo deste estudo foi comparar o tempo/curso, efic·cia e seguranÁa dos endoclipes versus terapia combinada (endoclipes e endoloop) versus n„o tratamento no fechamento das perfuraÁıes g·stricas durante NOTES em modelo suÌno. Material e MÈtodo: Foram utilizados 10 minipigs BR1, fÍmeas, pesando em mÈdia 30 Kg, submetidos a anestesia geral. Endoscopia digestiva e punÁ„o transg·strica seguida de dilataÁ„o hidrost·tica atÈ 20 mm foram realizadas. O endoscÛpio foi introduzido na cavidade peritoneal. Os animais foram divididos em 3 grupos: Grupo 1 - 5 animais nos quais a perfuraÁ„o foi fechada com clipes (EC); Grupo 2 - 3 animais nos quais a perfuraÁ„o foi fechada com clipes e ìendoloopî (TC); e Grupo 3 - 2 animais nos quais a perfuraÁ„o g·strica foi deixada sem tratamento (ST). Todos os animais receberam antibiÛticos e foram monitorados para sinais de sepse. Dois dias apÛs o procedimento inicial 5 animais foram submetidos a endoscopia de controle e necropsia (3 EC, 2 TC e 1 ST). No dia 7, os 5 animais restantes foram submetidos aos mesmos procedimentos (2 EC, 2 TC e 1 ST). Durante a necropsia a cavidade peritoneal foi inspecionada para peritonite e o local de perfuraÁ„o g·strica foi checado para deiscÍncia e abscesso de parede. Resultados: Fechamento endoscÛpico da parede g·strica foi obtido em todos os animais nos quais foi tentado. Nove animais se recuperaram bem. Um animal fechado com EC desenvolveu sinais de sepse. O achado endoscÛpico mais comum nas endoscopias de controle foi ˙lcera (8 animais). A necropsia no dia 7 evidenciou que todos os locais de fechamento das perfuraÁıes eram resistentes a passagem de ar. Um animal fechado com EC teve peritonite e adesıes intra-abdominais durante a necropsia no dia 2 apÛs os procedimentos. Conclusıes: Neste primeiro estudo de EC versus TC no fechamento de perfuraÁıes g·stricas apÛs NOTES, a efic·cia e seguranÁa dos dois mÈtodos foram semelhantes. Neste modelo, o fechamento do orifÌcio g·strico demorou cerca de dois dias e ocorreu independentemente da intervenÁ„o endoscÛpica.

Purpose: Endoscopic management of perforations is a key step for trans-lumenal endoscopic procedures. Appropriate techniques for closing perforations and the risk of peritonitis are issues that need to be addressed. Endoscopic closure of gastric perforations with endoclips has been described. However, the time-course of gastric repair and the real need for closing perforations in the swine model are still unclear. The aim of this study was to compare the time-course, efficacy and safety of endoclips alone versus combined therapy (endoclips and endoloop) versus no treatment in the closure of gastric perforations in a porcine model. Methods: Ten 20 ñ 30Kg female minipigs were studied under general anesthesia. A standard upper endoscope was used. Gastric perforations were created by full thickness gastric wall puncture followed by 20 mm hydrostatic balloon dilation. The animals were chosen to closure with endoclips (5 animals, EC), endoclips plus endoloop (3 animals, CT) or no closure (2 animlas, NC). All animals received antibiotics and were carefully monitored for signs of sepsis. Two days after the initial procedure, 5 animals underwent follow-up endoscopy and necropsy (3 EC, 2 CT and 1 NC). On day 7, the five remaining animals (2 EC, 2 CT and 1 NC) underwent the same procedures. The peritoneal cavity was examined for peritonitis and the gastric perforation site was checked for wound dehiscence and gastric wall abscess. Results: Endoscopic closure of the gastric wall was successful in all animals. Procedure length ranged from 1 to 2.5 hours in the EC group versus 40 minutes to 1.5 hour in the CT group. Nine animals recovered well. One animal closed with EC developed signs of sepsis. The most common endoscopic finding at follow-up endoscopies was an ulcer (8 animals). Postmortem examination on day 7 showed that all site closures were airtight. One animal closed with EC had peritonitis and intra-abdominal adhesions at day 2 necropsy. Conclusions: In this first early necropsy study of EC versus CT in the closure of gastric perforations, the efficacy and safety of the two treatment modalities were similar. The time-course of gastric repair was no longer than 2 days and occurred independently of the endoscopic therapy.
Assunto Estômago/lesões
Endoscopia
Instrumentos cirúrgicos
Suínos
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Número do financiamento FAPESP: 05/53739-7
Data 2007
Publicado em DI SENA, Veruska Oliveira. Eficácia e segurança do fechamento endoscópico da perfuração gástrica após notes - estudo experimental em suínos. 2007. 82 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2007.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 82 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23729

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-23729.pdf
Tamanho: 1.044Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta