Transtorno bipolar do humor e uso indevido de substâncias psicoativas

Transtorno bipolar do humor e uso indevido de substâncias psicoativas

Título alternativo Bipolar disorder and substance abuse
Autor Ribeiro, Marcelo Autor UNIFESP Google Scholar
Laranjeira, Ronaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Cividanes, Giuliana Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The bipolar disorder and substance abuse are illness with highly autonomy limitation potential, becoming still more serious when associates. This article presents the available scientific evidences concerning the epidemiology, etiology, clinical evolution, diagnosis and pharmacological and psychosocial approaches designed for the bipolar disorder and substance abuse comorbidity.

O transtorno bipolar e o uso indevido de substâncias psicoativas são doenças com alto potencial de limitação de autonomia, tornando-se ainda mais sérios quando associados. Este artigo apresenta as evidências científicas disponíveis acerca da epidemiologia, etiologia, evolução clínica, diagnóstico e tratamento farmacoterápico e psicossocial da comorbidade transtorno bipolar do humor e o uso indevido de substâncias psicoativas.
Assunto Bipolar disorder
substance abuse
comorbidity
treatment
Transtorno bipolar
abuso de substâncias
comorbidade
tratamento
Idioma Português
Data 2005-01-01
Publicado em Archives of Clinical Psychiatry. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, v. 32, p. 78-88, 2005.
ISSN 0101-6083 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Extensão 78-88
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832005000700012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-60832005000700012 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2378

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0101-60832005000700012.pdf
Tamanho: 136.8Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta