Análise microbiológica de gastroscópios descontaminados em aparelho Cleantop WM-1 por uso de água eletrolítica ácida

Análise microbiológica de gastroscópios descontaminados em aparelho Cleantop WM-1 por uso de água eletrolítica ácida

Título alternativo Microbiological evaluation of gastroscope decontamination by electrolysed acid water (Clentop WM-1)
Autor Machado, Alexandre Paulo Autor UNIFESP Google Scholar
Fischman, Olga Google Scholar
Geocze, Stephan Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: The manual disinfection of endoscopes with glutharaldeyde is widely employed. The great routine in gastroenteroscopy services, low number of equipment and the lack of technical knowledge about the decontamination processes are factors that stimulate the inadequate endoscope disinfection, intensifying the risk of transmission of microorganisms. The electrolysed acid water has been effective in the inactivation and destruction of microorganisms. AIM: The purpose of this investigation was to verify the microbicidal efficiency of electrolyzed acid water (Cleantop WM-1) to decontaminate gastroscopes after their using in patients. MATERIAL AND METHODS: Samples from biopsy channel of flexible endoscopes collected after patient use (n = 20) and after disinfection (n = 20) were cultivated in tryptic soy agar, MacConkey agar and Sabouraud dextrose agar. RESULTS: Seventeen of the 20 samples collected after patients examination yielded gram-negative bacilli, gram-positive coccus and yeast cells in contamination of 3 to 5 log10 ufc/mL. Microbial growth was not verified in samples collected after the decontamination process. Conclusion - In this preliminary study, the mechanical disinfection carried through the Cleantop device with electrolyzed acid water showed satisfactory results for the elimination of microorganisms and time optimization in the reprocessing of gastroscopes.

RACIONAL: O método com utilização manual de glutaraldeído é amplamente empregado para desinfecção de endoscópios. A elevada rotina nos serviços de gastroscopia, pequena quantidade de equipamentos e a falta de conhecimento técnico sobre os processos de descontaminação contribuem para desinfecção inadequada dos endoscópios, intensificando o risco de transmissão de microrganismos. A água eletrolítica ácida tem apresentado eficácia na inativação e destruição de microrganismos e vem sendo usada na descontaminação de endoscópios. OBJETIVO: Verificar a eficiência microbicida da água eletrolítica ácida, produzida pelo aparelho Cleantop WM-1, em 20 gastroscópios contaminados após uso em pacientes. MATERIAL E MÉTODOS: Amostras coletadas do canal de biopsia dos endoscópios, após uso em pacientes (n = 20) e depois da desinfecção (n = 20), foram cultivadas em ágar tripticaseína de soja, MacConkey e Sabouraud dextrose. RESULTADOS: Dezessete das 20 amostras coletadas após o uso do aparelho em pacientes revelaram a presença de bacilos gram-negativos, cocos gram-positivos e leveduras em taxas de 10³ a 10(5) ufc/mL. Nenhuma amostra, das 20 coletadas após a descontaminação, apresentou contaminação microbiana. CONCLUSÃO: Nesse estudo preliminar, a desinfecção mecânica realizada pelo aparelho Cleantop com água eletrolítica ácida revelou resultados satisfatórios pela eliminação de microrganismos e otimização no tempo de processamento dos gastroscópios
Assunto Gastroscopes
microbiology
Acid water
Gastroscópios
microbiologia
Desinfecção
Água acidulada
Idioma Português
Data 2005-03-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 42, n. 1, p. 60-62, 2005.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Editor Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 60-62
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032005000100013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032005000100013 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2448

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-28032005000100013.pdf
Tamanho: 130.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta