Psychoactive drug advertising: a comparison of technical information from three countries: Brazil, United States and United Kingdom

Psychoactive drug advertising: a comparison of technical information from three countries: Brazil, United States and United Kingdom

Título alternativo Propagandas de medicamentos psicoativos: comparação de informações técnicas entre três países: Brasil, Estados Unidos e Reino Unido
Autor Mastroianni, Patricia De Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Galduróz, José Carlos Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Carlini, Elisaldo Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT AND OBJECTIVE: Studies carried out in the 1970s and 1980s showed that there were country-dependent disparities in the information given for the same drug in medical advertisements. National and international regulations have been published to do away with such disparities and to foster the rational use of drugs. The purpose of this study was to compare the information contained in psychoactive drug advertisements published in psychiatric journals in Brazil, the United States and the United Kingdom, before and subsequent to the publication of the United States Export Act, in 1986, the WHO criteria, in 1988, and the Brazilian Sanitary Surveillance Agency Resolution no. 102, in 2000. TYPE OF STUDY AND SETTING: Content analysis, at Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid). METHODS: We gathered advertisements from Brazilian, American and British psychiatry periodicals published before and after each ruling. We analyzed a total of twenty-four Brazilian advertisements that were for the same psychoactive drugs as advertised in American and/or British publications from the same period. RESULTS: We observed that Brazilian advertisements omitted information on usage restrictions, such as contraindications, adverse reactions, interactions, warnings and precautions, and that such information was present in American and British advertisements. CONCLUSIONS: The data suggest that disparities in the information given for the same drug still persist. The information depends on the country in which each drug is marketed. The legislation is insufficient for eradicating such disparities.

CONTEXTO E OBJETIVO: Trabalhos realizados nos anos 70 e 80 demonstraram que havia diferenças de informações para um mesmo medicamento dependendo do país em que era comercializado. Regulamentos nacionais e internacionais foram publicados com o objetivo de extinguir tais diferenças e fomentar o uso racional de medicamentos. O objetivo deste trabalho é comparar as informações contidas nos anúncios de medicamentos psicoativos publicados em periódicos de psiquiatria brasileiros, norte-americano e ingleses, antes e após a publicação do Export Act, publicado em 1986 nos Estados Unidos; dos Critérios da WHO, em 1988, e a Resolução da Diretoria Colegiada nº 102, de 2000, da Agência Nacional Vigilância Sanitária do Brasil. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Análise de conteúdo realizado no Centro Brasileiro de Informação sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid). MÉTODOS: O conteúdo dos anúncios foi analisado de acordo com técnica de análise de conteúdo, segundo as exigências dos regulamentos. Ao todo, foram analisados 24 anúncios brasileiros de medicamentos psicoativos em comum com os anúncios americanos e/ou ingleses publicados no mesmo período. RESULTADOS: Observou-se que os anúncios brasileiros omitem informações que restringem o uso dos remédios como contra-indicações, reações adversas. interações, advertências e precauções sobre os medicamentos, e estas mesmas informações estão presentes em anúncios norte-americanos e ingleses. CONCLUSÕES: Os dados deste trabalho sugerem que persistem até hoje as diferenças de informações de um mesmo medicamento em anúncios, dependendo do país de comercialização e que as legislações não são suficientes para extingui-las.
Assunto Pharmaceutical preparations
Propaganda
Advertising
Psychotropic drugs
Legislation
Preparações farmacêuticas
Propaganda
Publicidade
Psicotrópicos
Legislação
Idioma Inglês
Data 2005-11-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 123, n. 5, p. 209-214, 2005.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 209-214
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802005000500002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802005000500002 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2743

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-31802005000500002.pdf
Tamanho: 189.5Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta