Validity of Autism Behavior Checklist (ABC): preliminary study

Validity of Autism Behavior Checklist (ABC): preliminary study

Título alternativo Validade do Inventário de Comportamentos Autísticos (ICA): estudo preliminar
Autor Marteleto, Márcia Regina Fumagalli Autor UNIFESP Google Scholar
Pedromônico, Márcia Regina Marcondes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To examine the concurrent and criterion validity of the Autism Behavior Checklist (ABC). METHODS: Three groups, comprising 38 mothers of children previously diagnosed with autism (DSM IV-TR, 2002), 43 mothers of children with language disorders other than autism, and 52 mothers of children who had no linguistic or behavioral complaints, were interviewed. In order to minimize the effect of maternal level of education, the questionnaire was completed by the researcher. To determine the concurrent validation, ANOVA and discriminant analysis were used. The ROC curve was used to establish the cutoff score of the sample and to examine the criterion validity. RESULTS: The mean total score was significantly higher in the group of mothers of autistic children than in the other groups. The ABC correctly identified 81.6% of the autistic children. The ROC curve cutoff score was 49, and the sensitivity was 92.1%, higher than the 57.89% found when a cutoff score of 68 was used. The specificity was 92.6%, similar to the 94.73% obtained with a cutoff score of 68. CONCLUSIONS: The ABC shows promise as an instrument for identifying children with autistic disorders, both in clinical and educational contexts, especially when a cutoff score of 49 is used.

OBJETIVO: Examinar a Validade Concorrente e a Validade de Critério do Inventário de Comportamentos Autísticos (ICA). MÉTODOS: Foram entrevistadas, com a escala, mães de crianças com diagnóstico de transtorno autista, previamente estabelecido por especialistas na área. Para comparação, foram também entrevistadas mães de crianças com transtorno de linguagem e mães de escolares sem queixas de problemas de linguagem e comportamento social. Os três grupos foram assim constituídos: GTA: 38 mães de crianças com transtorno autista (DSM IV-TR, 2002), GTL: 43 mães de crianças com transtorno de linguagem (DSM IV-TR, 2002) e GET: 52 mães de crianças escolares típicas. O questionário foi preenchido sob forma de entrevista para minimizar os efeitos da escolaridade materna. ANOVA e análise discriminante foram usadas para examinar a Validade Concorrente. A curva ROC foi usada para estabelecer o ponto de corte da amostra e para examinar a Validade de Critério. RESULTADOS: O Inventário de Comportamentos Autísticos identificou corretamente 81,6% das crianças com autismo, sendo o escore médio total do GTA significantemente (p < 0,001) maior que os outros dois grupos de crianças. O Inventário de Comportamentos Autísticos mostrou baixa sensibilidade (57,89%) e alta especificidade (94,73%) quando se usou a nota de corte 68 pontos; diminuída a nota de corte para 49 pontos obtida pela curva ROC, a sensibilidade da escala aumentou (92,1%) e a especificidade se manteve alta (92,6%). CONCLUSÕES: O Inventário de Comportamentos Autísticos é um instrumento promissor para identificar crianças com autismo, especialmente com ponto de corte 49, tanto na clínica como em contextos educacionais.
Assunto Autistic disorder
Diagnostic and statistical manual of mental disorders
Diagnosis, differential
Validation studies
Questionnaires
Transtorno autístico
Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais
Diagnóstico diferencial
Validade
Questionários
Idioma Inglês
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data 2005-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Psiquiatria. Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, v. 27, n. 4, p. 295-301, 2005.
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão 295-301
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462005000400008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000233727900008
SciELO S1516-44462005000400008 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2801

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-44462005000400008.pdf
Tamanho: 242.9Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta