Atividades extra-curriculares e prevenção ao abuso de drogas: uma questão polêmica

Atividades extra-curriculares e prevenção ao abuso de drogas: uma questão polêmica

Título alternativo Extra-curricular activities and the prevention of drug abuse: a polemic question
Autor Carvalho, Vera Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Carlini-cotrim, Beatriz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Data obtained from 16,117 high school students in fifteen Brazilian cities, relating to participation in a number of extracurricular activities and consumption of drugs and alcohol, are described. In the great majority of cases, no association was found between participation in artistic, community or sports-related activities and the use of these substances. On the other hand, a weak but constant negative correlation was found between alcohol/drug consumption and involvement in religious activities. The authors discuss these findings in the light of some of the current preconceptions prevailing in Brazilian society: namely, that such activities constitute effective strategies for drug use prevention; and that idle young persons tend to be potential drug users. They also discuss the implications of the fact among students involved in religious activities drug and alcohol consumption has been shown to be slightly lower.

O presente trabalho descreve dados colhidos entre 16.117 estudantes de primeiro e segundo graus, de quinze cidades brasileiras, sobre a prática de algumas atividades não curriculares e o consumo de álcool e drogas. Não foi encontrada, na ampla maioria dos casos, nenhuma associação entre praticar esportes, artes e atividades comunitárias e o consumo dessas substâncias. Mas foi encontrada correlação negativa fraca, mas constante, entre consumo de álcool e drogas e freqüência a atividades religiosas. Os achados são discutidos à luz de alguns preconceitos correntes na sociedade brasileira, que rotula o jovem sem ocupação definida como drogado em potencial. Discutem também as implicações do fato de entre os jovens praticantes de atividades religiosas haver uma discreta diminuição do uso de álcool e drogas.
Assunto Alcohol drinking
Substance abuse
Students
Consumo de bebidas alcoólicas
Abuso de substâncias
Estudantes
Idioma Português
Data 1992-06-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 26, n. 3, p. 145-149, 1992.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 145-149
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101992000300003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101992000300003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/298

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89101992000300003.pdf
Tamanho: 481.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta