Dupla leitura no rastreamento mamográfico

Dupla leitura no rastreamento mamográfico

Título alternativo Double reading in mammographic screening
Autor Benveniste, Ana Paula Atihé Google Scholar
Ferreira, Adriana Helena Padovan Grassmann Autor UNIFESP Google Scholar
Aguillar, Vera Lucia Nunes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Laboratório Fleury
Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Laboratório Fleury Serviço de Imaginologia Mamária
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the efficacy of double reading on routine screening mammography for the detection of breast cancer in a non-academic environment. MATERIALS AND METHODS: During one year, 22,024 screening mammograms of asymptomatic women were submitted to independent double reading by two radiologists specialized in breast imaginology. Data analyzed were the number of additional carcinomas found after a second reading and the absolute number of recalls on account of the second reading. RESULTS: Nine additional carcinomas were detected after the second reading: 55.5% were ductal carcinoma in situ and the remainder were ductal invasive carcinomas up to 1.5 cm. Our absolute recall rate generated by the double reading was only 1.8%, with a percentage of false-positive findings of 98%. CONCLUSION: Double reading increased cancer detection rate by 8.5% and all tumors detected were stage 0 or 1.

OBJETIVO: Avaliar a eficácia da dupla leitura de mamografias de rotina para rastreamento do câncer de mama, em ambiente privado (não acadêmico). MATERIAIS E MÉTODOS: Durante um ano, 22.024 mamografias de rastreamento, em mulheres assintomáticas, foram submetidas a dupla leitura independente, por dois radiologistas especializados em imaginologia mamária. Foram determinados o número de carcinomas adicionais encontrados com a dupla interpretação e o número absoluto de reconvocações geradas por tal prática. RESULTADOS: Foram detectados nove carcinomas adicionais com a dupla leitura, sendo 55,5% ductal in situ e o restante, ductal invasivo até 1,5 cm. Nosso índice de reconvocação absoluto gerado pela dupla interpretação foi de apenas 1,8%, com achados falso-positivos em 98%. CONCLUSÃO: O uso da dupla leitura no rastreamento mamográfico aumentou o índice de detecção de câncer em 8,5% e todos os tumores encontrados foram estádio 0 ou 1.
Assunto Screening mammography
Breast cancer detection
Double reading
Rastreamento mamográfico
Detecção de câncer mamário
Dupla leitura
Idioma Português
Data 2006-04-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 39, n. 2, p. 85-89, 2006.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Editor Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 85-89
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842006000200003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842006000200003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2984

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-39842006000200003.pdf
Tamanho: 68.99Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta