Cicatrização de feridas: estudo comparativo em ratos hipertensos não tratados e tratados com inibidor da enzima conversora da angiotensina

Cicatrização de feridas: estudo comparativo em ratos hipertensos não tratados e tratados com inibidor da enzima conversora da angiotensina

Título alternativo Wound healing: comparative study in hypertensive rats untreated and treated with an angiotensin converting enzime inhibitor
Autor Biondo-simões, Maria De Lourdes Pessole Autor UNIFESP Google Scholar
Alcantara, Emanuelle De Mello Google Scholar
Dallagnol, Juliana Corrêa Google Scholar
Yoshizumi, Kelly Okamoto Google Scholar
Torres, Luiz Fernando Bleggi Google Scholar
Borsato, Karin Soldatelli Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
PUCPR
Universidade Tuiuti do Paraná
The National Hospital for Nervous Diseases Institute of Neurology Department of Neuropathology
UFSC
Resumo BACKGROUND: We evaluated the influence of captopril on the skin wound healing process of hypertensive rats. METHODS: 111 rats were placed in 4 groups: normotensive control (N=30); hypertensive control (N=30), which received an oral daily dose of saline solution 0,9%; group experiment (N=31) was treated with 7.5mg/kg/day of captopril; and an aferition group (N=20) with 10 hypertensive and 10 normotensive animals in which arterial blood pressure was mesured in the aorta in the last day of the experiment. After 15 days of treatment, an skin incision of 4 cm was made in the animals. Samples of the dorsal wall scar were taken 4, 7 and 14 days after the last procedure. The wounds were excised and divided in 2 pieces. They were sent to tensiontrial and histological analysis. RESULTS: The aferition group showed mean arterial blood pressure of 82.5±7.55 mmHg in the normotensive animals and 150.5± 10.66 mmHg in the hypertensive ones. The resistance analysis showed that the scars of treated and untreated hypertensives were less resistant than those of normotensives rats in the initial days (p<0.05) and that on the 14th day the resistances became similar. There were no diferences among treated and untreated groups. Total collagen had higher density in normotensives rats throughout the study (p<0.05) and there were no diferences among treated and untreated hypertensive rats. Epitelization, inflammatory response and granulation tissue formation were similar in all groups. CONCLUSION: Captopril, doesn't modify the wound healing process in rats, being the differences due to hypertension.

OBJETIVO: Reconhecer a interferência do captopril na cicatrização de feridas cutâneas de ratos hipertensos. MÉTODOS: Distribuíram-se 111 ratos em quatro grupos: controle normotenso (N=30); controle hipertenso (N=30), os quais receberam 1 ml/dia de solução de cloreto de sódio a 0.9% por via oral; grupo experimento (N=31), hipertensos que receberam 7,5mg/kg/dia de captopril e um grupo aferição (N=20), 10 hipertensos e 10 normotensos, nos quais aferiu-se a pressão na aorta abdominal, no último dia de experimento. Após 15 dias de medicação, fez-se uma incisão da pele e da tela subcutânea, na região médio-dorsal dos grupos I, II e III, seguida de síntese. Ressecaram-se as cicatrizes de 10 animais de cada grupo, no 4.º, 7.º e 14.º dias após a operação, que divididas em duas partes foram enviadas para a tensiometria e para análise histológica. RESULTADOS: A pressão arterial média de 83,18 ± 7,51 mmHg nos normotensos e 151,36 ± 10,51 mmHg nos hipertensos. As cicatrizes dos hipertensos tratados e não tratados eram menos resistentes que as dos normotensos, nos tempos iniciais (p<0,05) e que ao 14.º dia as resistências se igualaram. Não houve diferença entre o grupo tratado e o não tratado. A densidade de colágeno total foi maior nos normotensos em todos os tempos (p<0,05) e não houve diferença entre hipertensos tratados e não tratados. A epitelização, a reação inflamatória e a formação do tecido de granulação foi semelhante nos três grupos. CONCLUSÕES: O captopril, em ratos, não modifica a cicatrização, ficando as diferenças relacionadas à hipertensão.
Assunto Wound healing
Skin
Hypertension
Captopril
Collagen
Cicatrização de feridas
Pele
Hipertensão
Captopril
Colágeno
Idioma Português
Data 2006-04-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 33, n. 2, p. 74-78, 2006.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Editor Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 74-78
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912006000200004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912006000200004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2985

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-69912006000200004.pdf
Tamanho: 97.00Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta