Comunicação não-verbal de idosos frente ao processo de dor

Comunicação não-verbal de idosos frente ao processo de dor

Título alternativo Nonverbal communication of elderly patients facing the pain process
Comunicación no verbal de ancianos frente al proceso del dolor
Autor Machado, Ana Carolina Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Brêtas, Ana Cristina Passarella Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This qualitative study aims at identifying which mechanisms are used by elderly patients to express pain when they are not able to use verbal communication. It relies on the accounts and interpretations of 6 nurses working in a clinical service unit dedicated to the treatment of the elderly at a hospital in São Paulo. Data were collected through semi-structured interviews, recorded and transcribed for hermeneutic analysis. Data were grouped together in selected analytical categories related to pain and communication, which showed that nurses' interactions with patients notice attitudes and changes. The prompt interpretation and identification of these cues and symptoms of pain lead to better nursing care.

Este estudio de naturaleza cualitativa tuvo como objectivo identificar por medio de la interpretación de los enfermeros, cuales mecanismos encontrados por los enfermos ancianos para expresar el dolor cuando se inhabilitan de utilizar la comunicación verbal. Fue llevada con seis enfermeros, en una unidad de la clínica medica de un hospital de São Paulo, direccionado a la atención de ancianos. Los datos fueron recogidos por medio de entrevista con una planilla semi estructurada generadas o transcritas para el analisis hermenéutica. Los datos fueron agrupados en categorías analíticas seleccionadas en dolor y la comunicación, donde fue verificado que obrando recíprocamente con el enfermo, el enfermero percibe actitudes y las alteraciones (señales y síntomas del dolor), que al seren interpretadas y identificadas rápidamente ellas mejoran la atención de enfermería.

Este estudo de natureza qualitativa tem por objetivo identificar por meio da interpretação dos enfermeiros, quais os mecanismos encontrados pelos pacientes idosos para expressar a dor quando estão impossibilitados de utilizar a comunicação verbal. Foi realizado com seis enfermeiros, em uma unidade de clínica médica de um hospital de São Paulo, destinada ao atendimento de idosos. Os dados foram coletados por meio de entrevista com um roteiro semi estruturado, gravadas e transcritas para análise hermenêutica. Os dados foram agrupados em categorias analíticas selecionadas sobre dor e comunicação, onde foi verificado que interagindo com o paciente, o enfermeiro percebe atitudes e alterações (sinais e sintomas de dor), que ao serem interpretadas e identificadas rapidamente propiciam melhoria da assistência de enfermagem.
Assunto Pain
Communication
Aged
Perception
Nursing
Dor
Comunicação
Idoso
Percepção
Enfermagem
Idioma Português
Data 2006-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 59, n. 2, p. 129-133, 2006.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 129-133
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672006000200002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672006000200002 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3011

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-71672006000200002.pdf
Tamanho: 120.5Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta