Gerenciamento do setor saúde na década de 80, no Estado de São Paulo, Brasil

Gerenciamento do setor saúde na década de 80, no Estado de São Paulo, Brasil

Título alternativo Health management in the State of S. Paulo, Brazil
Autor Tanaka, Oswaldo Yoshimi Google Scholar
Escobar, Eulália Maria A. Autor UNIFESP Google Scholar
Gimenez, Aparecida Silvia M. Google Scholar
Camargo, Katia G. Google Scholar
Lelli, Carmen L.s. Google Scholar
Yoshida, Tania M. Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pontifícia Universidade Católica de Campinas Faculdade de Enfermagem
Resumo The shared management put into effect by the Ações Integradas de Saúde (Integrated Health Actions) in the State of S. Paulo (Brazil), in the early 80s is analysed. The relevant data were collected from the minutes of the meetings of the Comissão Interinstitutional de Saúde (Interinstitucional Health Commitee). The data collected show the most frequent subjects discussed by the members at the meetings, the number of members related to each of the different government levels, in addition to the kind of resolutions taken at the meetings. The data analysis has demonstrated that important changes took place in public health management in the State of S. Paulo in the decade in question. The shared management process was replaced by one in which government powers were clearly divided a towards the end of the 80s. Those changes have led the public health members from each level of governmental administration to give up the common goals and the shared negociations among them.

Foi analisado o processo de gerenciamento colegiado implementado pelas Ações Integradas de Saúde (AIS), no Estado de São Paulo, na década de 80. A base de dados foi constituída por informações coletadas junto à Comissão Interinstitucional de Saúde (CIS-SP). Foram também investigadas a participação dos diversos representantes, as decisões e as resoluções originadas nessa instância de gerenciamento do sistema de saúde. A análise conjunta das informações coletadas mostrou que houve mudança substancial no papel de gerenciamento do setor saúde no Estado, principalmente a partir de 1987. O processo de gestão colegiada, iniciada com as AIS, foi sendo substituído paulatinamente pela gestão única, com a separação nítida das responsabilidades entre os níveis de governo municipal, estadual e federal. Esta mudança dificultou o processo de negociação e de definição de objetivos comuns entre os responsáveis pela política de saúde, que vinham sendo constituídos no Estado desde as AIS.
Assunto Public administration
Interinstitutional relations
Public health administraction
Health system
Administração pública
Relações interisnstitucionais
Administração sanitária
Sistema de saúde
Idioma Português
Data 1992-06-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 26, n. 3, p. 185-194, 1992.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 185-194
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101992000300010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101992000300010 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/302

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89101992000300010.pdf
Tamanho: 1.010Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta