O Treinamento físico por natação atenua o remodelamento miocárdico e congestão pulmonar em ratas wistar com insuficiência cardíaca secundária a infarto do miocárdio

O Treinamento físico por natação atenua o remodelamento miocárdico e congestão pulmonar em ratas wistar com insuficiência cardíaca secundária a infarto do miocárdio

Título alternativo Swim training attenuates myocardial remodeling and the pulmonary congestion in wistar rats with secondary heart failure to myocardial infarction
Autor Portes, Leslie Andrews Autor UNIFESP Google Scholar
Tucci, Paulo José Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the effects of swimming on pulmonary water content in animals with heart failure (HF) after myocardial infarction (MI). METHODS: After coronary occlusion, MI size 20%<MI<40% of the left ventricle (LV) were considered moderate and those > 40% of the LV large. The animals swam for 60 min/day, 5 days/week for 8 weeks. The wet weight of lung, liver, atriums, LV and right ventricle (RV) as well as the dry weight of the liver and lung were determined. ANOVA and Tukey test were used for statistical analysis. RESULTS: An increase in the atrium/body weight ratio was noted in the sedentary animals with moderate (MImod-SED: n=8) and large (MIlg-SED: n=10) infarctions in comparison to the sedentary control (C-SED: n=14) and trained (C-TR: n=16) rats. An increase in the RV/body weight and LV/body weight ratios was noted in the MIlg-SED. The heart/body weight ratio was higher in MIlg-SED when compared to the other groups. The infarcted trained animals presented diminished hypertrophy. The pulmonary water content was higher in MIlg-SED animals (81±0.4%) than in C-SED animals (79±0.4%). No differences were found for the other comparisons (C-TR: 79±0.4%; MImod-SED: 80±0.3%; MImod-TR: 80±0.6%; MIlg-TR: 79±0.7%). CONCLUSION: The increase of cardiac mass and pulmonary water content presented by MIlg-SED was diminished in the trained animals. The results suggest that the practice of physical exercise can diminish HF and contribute to favorable cardiac remodeling.

OBJETIVO: Avaliar os efeitos da natação sobre teor de água pulmonar de ratas com insuficiência cardíaca (IC) após infarto do miocárdio (IM). MÉTODOS: Após oclusão coronária, animais com 20%<IM<40% do ventrículo esquerdo (VE) foram considerados IM moderados e os > 40% do VE grandes. Os animais treinados (TR) nadaram durante 60 min/dia, 5 dias/semana, durante 8 semanas. Foram determinados os pesos úmidos do pulmão direito, lobo direito do fígado, átrios, VE e ventrículo direito (VD) e os pesos secos do fígado e pulmão. Utilizou-se ANOVA e teste de Tukey para as análises estatísticas. RESULTADOS: Verificou-se aumento da relação massa dos átrios/peso corpóreo nos animais sedentários com IM moderados (IMmod-SED: n=8) e grandes (IMgr-SED: n=10) em relação às ratas controles sedentárias (C-SED: n=14) e treinadas (C-TR: n=16). Aumento da relação VD/peso corpóreo e VE/peso corpóreo nos animais IMgr-SED em relação aos controles. A relação coração/peso corpóreo foi maior nos IMgr-SED do que nos demais. Os animais infartados treinados exibiram atenuação da hipertrofia. O teor de água pulmonar maior (p<0,05) nas ratas IMgr-SED (x±epm: 81±0,4%) do que nas C-SED (79±0,4%) indicou congestão pulmonar não verificada nas infartadas treinadas (IMmod-TR: 80±0,6%; IMgr-TR: 79±0,7%). CONCLUSÃO: Os aumentos da massa cardíaca e teor de água pulmonar em animais IMgr-SED foram atenuados em animais submetidos a treinamento físico por natação, sugerindo que a realização de exercício físico pode atenuar os indicadores de IC e contribuir para remodelamento cardíaco favorável.
Assunto Rats
myocardial infarction
swimming pulmonary water content
myocardial hypertrophy
Ratos
infarto do miocárdio
natação
teor de água do pulmão
hipertrofia miocárdica
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data 2006-07-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 87, n. 1, p. 54-59, 2006.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 54-59
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2006001400008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0066-782X2006001400008 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3148

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0066-782X2006001400008.pdf
Tamanho: 227.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta