Ingestão acidental de moedas por crianças: atuação do Setor de Otorrinolaringologia do Hospital João XXIII

Ingestão acidental de moedas por crianças: atuação do Setor de Otorrinolaringologia do Hospital João XXIII

Título alternativo Accidental ingestion of coins by children: management of the ENT Department of João XXIII Hospital
Autor T-ping, Cheng Autor UNIFESP Google Scholar
Nunes, Cassimiro Afonso Google Scholar
Guimarães, Gabriel Rabelo Google Scholar
Vieira, João Penna Martins Google Scholar
Weckx, Luc Louis Maurice Autor UNIFESP Google Scholar
Borges, Tanner José Arantes Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital João XXIII
Hospital João XXIII Setor de Otorrinolaringologia
Hospital Felício Rocho
Resumo The ingestion of foreign bodies by children is frequently seen in emergency departments. ENTs can manage those lodged in the esophagus but experience is important for a successful intervention. AIM: Describe seven cases of children that ingested coins, managed at the ENT Department of João XXIII Hospital. STUDY DESIGN: Clinical/prospective. MATERIALS AND METHODS: We describe seven cases (gender, age, family status, coin size and treatment/evolution). RESULTS: Age ranged from one to nine years. Two patients were only children and five were the youngest in their families. Coins sizes ranged from 1.9 to 2.5 cm. After eight hours of observation, three cases were treated in the surgery room because the foreign body was lodged in the cricopharynx. Four cases resolved spontaneously. CONCLUSION: The ENT department has good results removing coins lodged in the upper esophagus using forceps and laryngoscopy; and also using rigid esophagoscopy for the lower esophagus. In this study it was not possible to establish the importance of coin size and patient age in attempting to predict spontaneous resolution, nor if the child being an only child or the youngest in the family may have some predisposition in this kind of accident.

Os casos de introdução de corpos estranhos acidentais em crianças são freqüentes nos pronto-atendimentos. O otorrinolaringologista pode atuar nos casos localizados no esôfago. A experiência é fundamental para o sucesso das intervenções. OBJETIVO: Descrever o atendimento de crianças que ingeriram moedas no Setor de Otorrinolaringologia do Hospital João XXIII. FORMA DE ESTUDO: Clínico prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados sete casos de ingestão de moedas (idade, sexo, status na família, tamanho da moeda, conduta/evolução). RESULTADOS: A idade variou de um até nove anos. Dois pacientes eram filhos únicos e cinco eram mais novos. O tamanho da moeda variou de 1,9cm até 2,5cm. Após oito horas de observação, três casos necessitaram de remoção no centro cirúrgico porque a radiografia mostrava a moeda na cricofaringe e em quatro casos houve a descida espontaneamente para o intestino. CONCLUSÃO: O Setor de Otorrinolaringologia tem bons resultados usando laringoscópio de lâmina reta e pinça nos casos alojados na cricofaringe e esofagoscopia rígida para os casos distais. A amostra não permite concluir se o tamanho da moeda e a idade influenciam a descida espontânea para o trato gastrointestinal e se os pacientes filhos únicos ou os mais novos são mais predispostos a este acidente.
Assunto foreign body
children
cricopharynx
esophagoscopy
esophagus
coins
corpo estranho
crianças
cricofaringe
esofagoscopia
esôfago
moedas
Idioma Português
Data 2006-08-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 72, n. 4, p. 470-474, 2006.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Editor ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 470-474
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992006000400007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992006000400007 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3209

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-72992006000400007.pdf
Tamanho: 935.6Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta