Validação da versão brasileira do Questionnaire of Smoking Urges-Brief

Validação da versão brasileira do Questionnaire of Smoking Urges-Brief

Título alternativo Validation of the Brazilian version of Questionnaire of Smoking Urges-Brief
Autor Araujo, Renata Brasil Google Scholar
Oliveira, Margareth Da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Moraes, João Feliz Duarte Google Scholar
Pedroso, Rosemeri Siqueira Google Scholar
Port, Franciny Google Scholar
Castro, Maria Da Graça Tanori De Google Scholar
Instituição Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Wainer & Piccoloto - Centro de Psicoterapia Cognitivo-Comportamental
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: The evaluation of craving is very important to treatment of tobacco dependence. OBJECTIVE:The objective of this research was to validate the Brazilian version of the Questionnaire of Smoking Urges-Brief (QSU-B). METHOD: Subjects enrolled to this experimental study were randomized into groups of zero, 30 and 60 minutes of tobacco abstinence. The study group was composed by 201 subjects (134 females and 67 males), age range: 18 to 65 (M = 38.15). The assessment instruments were, in addition to the QSU-B: Social and Demographical Data Form, Visual Analogic Scale for Craving, Fagerström Test for Nicotine Dependence and Anxiety and Depression Beck Inventories. RESULTS: The two-factor factorial analysis presented a total variation of 78.46% and the correlation between these factors was significant and of high intensity (r = 0.636; p < 0.001). All Cronbach s alpha values from QSU-B were above 0.70. We observed a correlation between the QSU-B total score and the Visual Analogic Scale (r = 0.656; p < 0.001), and also with Fagerström s question 1 (r = 0.201; p = 0.004) and question 2 (r = 0.257; p < 0.001). CONCLUSION: QSU-B s Brazilian version proved to be an adequate psychometric instrument for the use both in research and in clinical settings.

CONTEXTO: A avaliação do craving (ou fissura) é muito importante no tratamento do tabagismo. OBJETIVO: O objetivo desta pesquisa foi validar a versão brasileira do Questionnaire of Smoking Urges-Brief (QSU-B). MÉTODOS: O delineamento foi experimental, e seus participantes foram divididos, aleatoriamente, em grupos de zero, 30 e 60 minutos de abstinência do tabaco. A amostra foi de 201 sujeitos (134 mulheres e 67 homens), entre 18 e 65 anos (M = 38,15), e os instrumentos aplicados, além do QSU-B, foram: Ficha com Dados Sociodemográficos, Escala Analógico-Visual do Craving, Fagerström Test for Nicotine Dependence e Inventários Beck de Ansiedade e de Depressão. RESULTADOS: A análise fatorial com dois fatores teve variância total de 78,46% e a correlação entre esses fatores foi significativa e de alta intensidade (r = 0,636; p < 0,001). Todos os valores de alfa de Cronbach do QSU-B estavam acima de 0,70. Observou-se correlação do total do QSU-B com a Escala Analógico-Visual (r = 0,656; p < 0,001) e com a questão 1 (r = 0,201; p = 0,004) e a 2 (r = 0,257; p < 0,001) de Fagerström. CONCLUSÃO: A versão brasileira do QSU-B demonstrou ser adequada, psicometricamente, para o uso tanto em pesquisas como nos atendimentos aos dependentes de tabaco.
Assunto QSU-B
craving
urge
tobacco
validation
scale
QSU-B
craving
urge
tabaco
validação
escala
Idioma Português
Data 2007-01-01
Publicado em Archives of Clinical Psychiatry. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, v. 34, n. 4, p. 166-175, 2007.
ISSN 0101-6083 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Extensão 166-175
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832007000400002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-60832007000400002 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3440

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0101-60832007000400002.pdf
Tamanho: 150.8Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta