Aspectos ultra-sonográficos das alterações não-neoplásicas do testículo

Aspectos ultra-sonográficos das alterações não-neoplásicas do testículo

Título alternativo Sonographic findings in non-neoplastic testicular lesions
Autor Vital, Ricardo Jorge Google Scholar
Mattos, Leandro Accardo De Google Scholar
Souza, Luís Ronan Marquez Ferreira De Google Scholar
Figueirêdo, Sizenildo Da Silva Google Scholar
Szejnfeld, Jacob Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por imagem
Universidade Federal do Triângulo
Universidade Federal de Rondônia Faculdade de Medicina
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Pathological processes of the testis are very frequently found, and include non-tumoral and tumoral lesions. Ultra-sonography performed with a high-frequency transducer has become the imaging modality of choice for examination of these organs. This method is of help to improve intratesticular lesions characterization, and in many instances the findings suggest a more specific diagnosis, especially in the presence of similar clinical manifestations such as pain, swelling and local increase in volume. Color Doppler is an invaluable tool for demonstrating anomalous patterns of testicular perfusion and aids in the diagnosis of acute clinical conditions. In the present iconographic essay, the authors summarize the most frequent clinical, pathological findings as well as the main diagnostic features of benign intratesticular lesions such as microlithiasis, simple cysts, spermatocele, varicocele, tubular ectasia of the rete testis, orchitis, hematomas and more rare conditions. Familiarity with clinical and sonographic features is essential for the correct diagnosis and starting of the most effective therapy, as necessary.

Processos patológicos dos testículos são muito comuns, incluindo-se lesões tumorais e não-tumorais neste contexto. A ultra-sonografia com transdutor de alta freqüência tornou-se a modalidade de imagem de escolha para a avaliação desses órgãos. Este método ajuda a melhor caracterizar lesões intratesticulares e em muitas situações sugere um diagnóstico mais específico, principalmente nos casos em que há manifestações clínicas similares, tais como dor, inchaço e aumento volumétrico locais. O mapeamento com Doppler colorido é importantíssimo para demonstrar padrões anormais de perfusão testicular e auxilia no diagnóstico de condições clínicas agudas. Neste ensaio iconográfico os autores sumarizam os mais comuns achados clínicos, patológicos e as principais características diagnósticas de lesões testiculares, tais como microlitíase, cisto simples, espermatocele, varicocele, ectasia tubular da rete testis, orquite, hematomas e condições mais raras. A familiaridade com as características ecográficas e clínicas destas alterações é essencial para o estabelecimento do diagnóstico correto e início da terapêutica mais eficaz, quando necessária.
Assunto Testis
Benign testicular lesions
Ultrasonography
Color Doppler
Testículos
Afecções testiculares benignas
Ultra-sonografia
Color Doppler
Idioma Português
Data 2007-02-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 40, n. 1, p. 61-67, 2007.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Editor Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 61-67
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842007000100013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842007000100013 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3554

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-39842007000100013.pdf
Tamanho: 403.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta