Human penile ossification: case report

Human penile ossification: case report

Título alternativo Ossificação no pênis humano: relato de caso
Autor Arruda, Homero Oliveira De Autor UNIFESP Google Scholar
Lima, Hudson De Autor UNIFESP Google Scholar
Ortiz, Valdemar Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT: Ossification in the human penis is such a rare condition that only 34 histologically evident cases have previously been reported. Among several conditions that have been correlated with this problem the most frequent is Peyronie disease. In all these conditions, human penile ossification appears to be a metaplastic bone formation process. CASE REPORT: A 59-year-old white man presented with a one-year history of slight pain upon erection and during intercourse. He also complained of hard plaque near the base of the penis. One year earlier, he had sustained blunt trauma during intercourse. Examination of the penis revealed a fixed firm mass extending over the proximal third of the penile shaft, measuring 3.0 x 3.0 x 2.0 cm and involving the corporal sponge, without surface extension. There was no impotence or other relevant clinical finding. Radiography on the penis revealed irregular calcification in the same position as the palpable mass and in the septum of the proximal inner third of the penis. The importance of this report lies in the extent of the human penile ossification, as demonstrated by the radiological and histological confirmation.

CONTEXTO: Ossificação do pênis humano é uma condição rara e apenas 34 casos histologicamente evidentes foram relatados. Várias condições foram relacionadas com o problema e o mais freqüente foi a Doença de Peyronie. Em todas, as ossificações parecem ser resultado de um processo de metaplasia com formação óssea. RELATO DO CASO: Um homem de 59 anos branco apresentou-se com história de leve dor no pênis durante as ereções há um ano. Ele também referia a presença de uma placa dura na base do pênis, que começou a crescer após um trauma na relação sexual. O exame do pênis revelou tratar-se de uma massa fixa, firme, no terço proximal do pênis de aproximadamente 3.0 x 3.0 x 2.0 cm, sem extensão para a superfície. Não havia impotência ou outra alteração clínica relevante. A radiografia do pênis identificou extensa área calcificada no corpo esponjoso e região do septo, em correspondência à massa palpada. A importância deste relato é a extensão da ossificação de acordo com a radiologia e confirmação histológica.
Assunto Penile induration
Calcinosis
Heterotopic ossification
Penile diseases
Penis
Induração peniana
Calcinose
Ossificação heterotópica
Doenças do pênis
Pênis
Idioma Inglês
Data 2007-03-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 125, n. 2, p. 124-125, 2007.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 124-125
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802007000200012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802007000200012 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3563

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-31802007000200012.pdf
Tamanho: 98.53Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta