Terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso como medida de intervenção no combate à carência de ferro em crianças atendidas em unidades básicas de saúde

Terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso como medida de intervenção no combate à carência de ferro em crianças atendidas em unidades básicas de saúde

Título alternativo Treatment with prophylactic doses of ferrous sulphate in the fight against iron deficiency in children attended in basis health units
Autor Torres, Marco A. A. Google Scholar
Sato, Kasue Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Queiroz, Suzana S. Google Scholar
Instituição Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo Núcleo de Nutrição do Centro de Referência de Saúde da Mulher, Nutrição, Alimentação e Desenvolvimento Infantil Centro de Apoio ao Desenvolvimento da Atenção Integral à Saúde
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Resumo The efficacy of medical prophylaxis in the fight against iron deficiency anemia in 620 children aged from four to thirty-six months, attended in two health units of the municipality of S. Paulo, Brazil, was tested. First, the children's blood was tested for hemoglobin level and eletrophoresis. Then they received daily doses of iron sulphate in the form of drops, corresponding to 12 mg/ day of elementary iron, over a 30-day period. Afterwaeds, they were asked to return for re-evaluation. Twenty-five percent of children under 6 months presented hemoglobin levels under 11.0 g/dl. The highest occurrences of anemia were detected among children aged 9 to 11 months (49.5%) and in the age bracket between 12 and 23 months (50.4%). After the established period, only 37.4% of the children with anemia and 52.4% of children who did not present anaemia returned for further evaluation. Of the 299 evaluated, ony 157 (52.5%) had taken the medication correctly. Frequency of hemoglobin inferior to 9.5 g/dl dropped from 17.1% at the beginning to 8.1% at the end of the intervention. On the other hand, the percentage of children with hemoglobin above 12.0 g/ dl increased from 13.4% to 33.4%. Those chidren who took their iron supplements correctly registered a siginificantly higher drop in the number of cases of anemia than that observed in those who had not taken the supplement correctly. The great majority (80.3%) did not present any side effects of medication. It was concluded that medical prophylaxis, instead of proving to be efficient in the recovery of hemoglobin levels, presents serious hazards from the operation point of view including a low level of participation in the project on the part of mothers, resulting from the daily obligation to administer a medication to their chidren over a long period of time which can consequence generate saturation and forgetfulness.

Objetivou-se testar a terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso no combate à anemia carencial ferropriva, em 620 crianças de 4 a 36 meses de idade, atendidas em duas unidades de saúde do Município de São Paulo, Brasil. As crianças foram submetidas a coleta de sangue para dosagem de hemoglobina. Em seguida, foi prescrito dosagem de 12 mg/dia de ferro elementar, por 30 dias. Observou-se que 25% dos menores de 6 meses apresentaram níveis de hemoglobina inferiores a 11,0 g/dl. As maiores ocorrências de anemia foram detectadas entre os 9 e 23 meses de idade (50,0%). Decorrido o prazo, apenas 37,4% das crianças com anemia e 52,4% das não anêmicas retornaram para reavaliação. Das 299 que foram reavaliadas, somente 157 (52,5%) receberam a medicação corretamente. A freqüência de hemoglobinas inferiores a 9,5 g/dl caiu de 17,1% no início, para 8,1% ao final da intervenção. Por outro lado, o percentual de crianças com hemoglobinas superiores a 12,0 g/dl subiu de 13,4%, para 33,4%. As que receberam a suplementação férrica de forma correta registraram queda nos índices de anemia sensivelmente maior que a observada naquelas suplementadas de forma incorreta. Concluiu-se que a terapêutica com doses profiláticas de sulfato ferroso, apesar de se mostrar eficiente na recuperação dos níveis de hemoglobina, apresenta sérios entraves do ponto de vista operacional.
Assunto Anemia, hypochromic
Ferrous sulphate
Anemia hipocrômica
Sulfato ferroso
Idioma Português
Data 1994-12-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 28, n. 6, p. 410-415, 1994.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 410-415
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101994000600004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101994000600004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/359

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89101994000600004.pdf
Tamanho: 611.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta