Reabilitação vestibular em pacientes com esclerose múltipla remitente-recorrente

Reabilitação vestibular em pacientes com esclerose múltipla remitente-recorrente

Título alternativo Vestibular rehabilitation in patients with relapsing- remitting multiple sclerosis
Autor Pavan, Karina Google Scholar
Marangoni, Bruna E.m. Google Scholar
Schmidt, Kizi B. Google Scholar
Cobe, Fernanda A. Google Scholar
Matuti, Gabriela S. Google Scholar
Nishino, Lúcia K. Google Scholar
Thomaz, Rodrigo B. Google Scholar
Mendes, Maria Fernanda Autor UNIFESP Google Scholar
Lianza, Sérgio Google Scholar
Tilbery, Charles Peter Google Scholar
Instituição ISCMSP
ISCMSP Setor Otorrinolaringologia
ISCMSP Centro de Atendimento Tratamento da Esclerose Múltipla
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa de Misericórdia de São Paulo Faculdade de Ciências Médicas
Santa Casa de Misericórdia de São Paulo Centro de Atendimento e Tratamento de Esclerose Múltipla
Resumo Multiple sclerosis (MS) is a demyelinating, inflammatory illness, that attack the white matter of the central nervous system, and abnormal vestibular sensations (vertigo, disequilibrium) are frequent. The vestibular rehabilitation (VR) is determined by mechanisms of adaptations, neural substitutions and compensations. This study evaluated the improvement of the central or peripheral vertigo in patients with relapsing-remitting MS submitted to the VR (exercises of Cawthorne-Cooksey), through the scale of Berg and Dizziness Handicap Inventory (DHI). In this sample of 4 cases the VR, carried through in a period of 2 months, demonstrated the improvement in 3 patients according to the Berg scale and in 2 patients considering that of the DHI.

A esclerose múltipla (EM) é doença desmielinizante, inflamatória, que acomete a substância branca do sistema nervoso central, e sensações vestibulares anormais (vertigem, desequilíbrio) são freqüentes. A reabilitação vestibular (RV) é determinada por mecanismos de adaptações, substituições e compensações neurais. Este estudo avaliou a melhora da vertigem central ou periférica em pacientes com EM remitente-recorrente submetidos à RV (exercícios de Cawthorne-Cooksey), através da escala de Berg e Dizziness Handicap Inventory (DHI). Nesta amostra de 4 casos a RV, realizada em um período de 2 meses, demonstrou a melhora em 3 pacientes avaliados pela escala de Berg e em 2 pacientes quando avaliados pela DHI.
Assunto multiple sclerosis
vertigo
rehabilitation
esclerose múltipla
vertigem
reabilitação
Idioma Português
Data 2007-06-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 65, n. 2A, p. 332-335, 2007.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Editor Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 332-335
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2007000200027
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2007000200027 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3752

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-282X2007000200027.pdf
Tamanho: 311.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta