Práticas alimentares e estado nutricional de crianças no segundo semestre de vida atendidas na rede pública de saúde

Práticas alimentares e estado nutricional de crianças no segundo semestre de vida atendidas na rede pública de saúde

Título alternativo Feeding practices and nutritional status of children in the second semester of life who receive care in public health facilities
Autor Modesto, Simone Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Devincenzi, Macarena Urrestarazu Autor UNIFESP Google Scholar
Sigulem, Dirce Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Prefeitura Municipal de Taboão da Serra
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To assess the nutritional status and feeding practices of children in the second semester of life who receive care in public health facilities of the city of Taboão da Serra, SP. METHODS: This is a cross-sectional study done in basic healthcare units divided into two groups: downtown and suburb. The sample was comprised of 180 children, 90 in each group. Food consumption was determined by the 24-hour recall. Weight and hemoglobin (by the capillary puncture method) were recorded. RESULTS: The prevalence of anemia was 30.5% with no difference between the groups. The median scores-Z (weight-for-age) were: 0.02 and 0.03, for the downtown and suburb groups, respectively. The use of iron supplements was different between the groups (p=0.001): the suburb group used it more often. Meanwhile, vitamin A supplementation was significantly higher in the downtown group (p=0.044). Foods other than breast milk were introduced early. There was a significant difference between the groups regarding the age when other foods were introduced, such as tea, juice, soup and soup with meat. In relation to nutrient intake, energy and protein intake were adequate but among the studied micronutrients, intake of vitamin C and iron were likely to be inadequate. CONCLUSION: The prevalence of anemia is relatively low when compared with data obtained from other places and the weaning diet is inadequate when compared with the current recommendations. The use of nutrient supplements should be reviewed.

OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e as práticas alimentares de crianças no segundo semestre de vida atendidas na rede pública de saúde do município de Taboão da Serra, SP. MÉTODOS: Estudo de corte transversal conduzido em Unidades Básicas de Saúde, classificadas em dois agrupamentos (região central e região periférica). A amostra foi constituída por 180 crianças, sendo 90 de cada agrupamento. O consumo alimentar foi registrado pelo método recordatório de 24 horas. Foram tomadas medidas de peso e dosagem de hemoglobina por punção capilar. RESULTADOS: A prevalência de anemia encontrada foi de 30,5% sem diferença entre os grupos. Os valores das medianas do escore-Z (peso/idade) foram: 0,02 e 0,03, para os agrupamentos central e periférico, respectivamente. A utilização de suplemento de ferro apresentou diferença entre os grupos (p=0,001), sendo mais presente no agrupamento periférico, enquanto que para a vitamina A, a suplementação foi significantemente maior no agrupamento central (p=0,044). Verificou-se introdução precoce de alimentos distintos do leite materno na dieta infantil e diferença significante entre os grupos na idade de introdução de chá, suco de fruta, sopa e sopa com carne no esquema alimentar. Em relação à ingestão de nutrientes verificou-se consumo adequado de energia e proteínas, mas quanto aos micronutrientes estudados, há grande probabilidade de inadequação do consumo de ferro e vitamina C. CONCLUSÃO: A prevalência de anemia é relativamente reduzida, comparada com os dados obtidos em outros locais, e o esquema de introdução de alimentos complementares é inadequado, frente às recomendações atuais. A utilização de suplementos de nutrientes deve ser revista.
Assunto anemia
iron deficiency
weaning
nutritional status
infant
anemia ferropriva
desmame
estado nutricional
lactente
Idioma Português
Data 2007-08-01
Publicado em Revista de Nutrição. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, v. 20, n. 4, p. 405-415, 2007.
ISSN 1415-5273 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Extensão 405-415
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732007000400008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000254536400008
SciELO S1415-52732007000400008 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3845

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1415-52732007000400008.pdf
Tamanho: 124.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta