Hysteroscopy and the butyl-cyanoacrylate on experimental sterilization of rabbit uterine tubes

Hysteroscopy and the butyl-cyanoacrylate on experimental sterilization of rabbit uterine tubes

Título alternativo Butil-cianoacrilato e histeroscopia na esterilização experimental de tubas uterinas de coelhas
Autor Rivoire, Henri Chaplin Google Scholar
Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Bigolin, Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Fagundes, Anna Tereza Negrini Google Scholar
Instituição Head Rio Grande Federal Foundation University Department of Surgery
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
University Regional Integrada do Alto Uruguai
Santo Amaro University
Resumo PURPOSE: To assess the sterilization effectiveness on uterine tube of rabbit by the cyanoacrylate adhesive. METHODS: Hysteroscopy tubal catheterization was performed randomly in 12 animals (24 uterine tubes) assigned to the sham group (GS) and 15 animals (30 uterine tubes) to the n-butyl-cyanoacrylate (GB). The female rabbits were observed during 30, 90 and 180 days and mated to fertile males. The no pregnant rabbits were submitted to in vitro burst pressure test for patency by air insufflation (40 mmHg). The microscopic assessment was performed to parameters of damages in epithelium caused by the adhesive, the degree of inflammatory process, morphometry data values of tube diameter (UT) (cm), mucosa thickness (MT) and the myosalpinx thickness (MyT) (mm). The mucosa cells densitometry (total optical density) was expressed by the amount of DNA. The significance of the differences in histological scores and in thickness measurements were made by ANOVA test (P value < 0.05). RESULTS: In all animals of GB: the adhesive was attached to the mucosa; there was no pregnancy; no records of significant degree on inflammatory process; the patency test was negative and densitometry of DNA showed similar values to the both groups independently of observation periods. The layers thickness of GB-UT(1.118±0.117), GB-MT(0.447±0.247) and GB-MyT(0.853±0.097) were larger than the GS-UT(0.666±0.409), GS-MT(0.211±0.070) and GS-MyT(0.442±0.143). CONCLUSION: This approach offers a safe and feasible method of uterine tube obstruction.

OBJETIVO: Verificar a eficácia do adesivo de cianoacrilato na esterilização de tubas uterinas de coelhas. MÉTODOS: A cateterização tubária por histeroscopia foi realizada randomicamente em 12 animais (24 tubas uterinas) formando o Grupo Sham (GS) e 15 animais (30 tubas uterinas) para o grupo do n-butil-cianoacrilato (GB). As coelhas foram observadas por 30, 90 e 180 dias e acasaladas com machos férteis. As tubas uterinas das fêmeas que não ficaram grávidas foram submetidas ao teste de pressão de rompimento in vitro, com insuflação de ar (40mmHg). A microscopia óptica estudou os danos causados ao epitélio pelo adesivo, o grau de processo inflamatório, a morfometria do diâmetro tubário (UT) (cm), da mucosa (MT) e do miosalpinge (MyT) (mm). A densitometria das células da mucosa (Densidade Óptica Total) foi expressa pela contagem do DNA. As significâncias dos diferentes escores histológicos e das medidas das camadas foram avaliadas pelo Teste de ANOVA (P<0,005). RESULTADOS: Em todos os animais do GB: o adesivo estava aderido na mucosa tubária, não ocorreu prenhez, não houve significância nos graus do processo inflamatório, o teste de perviedade foi negativo e a densitometria do DNA apresentou valores similares em todos os grupos, independente do período de observação. A medida das camadas do GB-UT(1.118±0.117), GB-MT(0.447±0.247) e GB-MyT (0.853±0.097) foi maior que as dos GS-UT(0.666±0.409), GS-MT(0.211±0.070) e GS-MyT(0.442±0.143). CONCLUSÃO: O procedimento proposto foi de fácil execução e eficaz para obstrução da tuba uterina de coelhas.
Assunto Sterilization, Reproductive
Tissue Adhesives
Fallopian Tubes
Rabbits
Esterilização Reprodutiva
Adesivos Teciduais
Tubas Uterinas
Coelhos
Idioma Inglês
Data 2007-10-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 22, n. 5, p. 396-400, 2007.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 396-400
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502007000500012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000258573400013
SciELO S0102-86502007000500012 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3973

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-86502007000500012.pdf
Tamanho: 254.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta