Stunting: its relation to overweight, global or localized adiposity and risk factors for chronic non-communicable diseases

Stunting: its relation to overweight, global or localized adiposity and risk factors for chronic non-communicable diseases

Título alternativo Deficit estatural: relações com sobrepeso, adiposidade global ou localizada e fatores de risco para doenças crônicas não-transmissíveis
Autor Vieira, Valéria Cristina Ribeiro Google Scholar
Fransceschini, Sylvia do Carmo Castro Google Scholar
Fisberg, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Priore, Silvia Eloiza Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Alfenas Departamento de Nutrição
Universidade Federal de Viçosa Departamento de Nutrição e Saúde
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This article discloses and discusses recent findings that have associated stunting - which still represents the most prevalent deviation from normal body measurements among children living in developing countries - with overweight and higher adiposity, mainly in the central region of the body, and their clinical and physio-pathological consequences. Although there is need for further studies to clarify these associations, there is a tendency for the weight/height index and body fat topography to behave differently in short and normal stature individuals, mainly in females. This review, therefore, alerts health professionals this characteristic, given that this anthropometric profile may be linked to the widespread occurrence of chronic non-communicable diseases and/or to risk factors for these conditions and that stunting is still a reality in developing countries.

O presente artigo tem como objetivos apresentar e discutir os recentes achados que associam o deficit estatural - que ainda representa o desvio antropométrico mais prevalente em crianças de países em desenvolvimento - ao sobrepeso, e a maior adiposidade, sobretudo a localizada na região central do corpo, e suas conseqüências clínicas e fisiopatológicas. Apesar da necessidade de mais estudos para esclarecer essas associações, há uma tendência para comportamentos diferentes dos índices de peso relativo à estatura e da topografia da gordura corporal nos indivíduos de baixa estatura e de estatura normal, fato observado especialmente naqueles do sexo feminino. Assim, esta revisão alerta os profissionais de saúde para estarem atentos a tal característica, considerando-se que o perfil antropométrico especificado pode estar ligado a maior ocorrência de doenças crônicas não-transmissíveis e/ou a seus fatores de risco, e que o deficit estatural ainda é uma realidade nos países em desenvolvimento.
Assunto Body height
Overweight
Adiposity
Waist-hip ratio
Estatura
Sobrepeso
Adiposidade
Relação cintura-quadril
Idioma Inglês
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data 2007-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil . Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira, v. 7, n. 4, p. 365-372, 2007.
ISSN 1519-3829 (Sherpa/Romeo)
Editor Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Extensão 365-372
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292007000400003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1519-38292007000400003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4087

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1519-38292007000400003.pdf
Tamanho: 74.53Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta