Caracteristicas epidemiológicas das alterações de linguagem em um centro fonoaudiológico do primeiro setor

Caracteristicas epidemiológicas das alterações de linguagem em um centro fonoaudiológico do primeiro setor

Título alternativo Epidemiological characteristics of language problems in a public health care center
Autor Lima, Bárbara Patrícia Da Silva Google Scholar
Guimarães, João Alfredo Tenório Lins Autor UNIFESP Google Scholar
Rocha, Michelle Carolina Garcia Da Google Scholar
Instituição Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador
Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas
Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas Faculdade de Fonoaudiologia
Resumo PURPOSE: To characterize the population with language disorder diagnosis from a public healthcare unit in Alagoas (Brazil). METHODS: Data from 138 files from patients with language disorder that attended speech and language therapy at the healthcare unit were reviewed from June, 2000 to June, 2006. The analyzed variables were: gender, age at diagnosis, origin, schooling level at admission, speech and language diagnosis, period of time waiting for therapy, period of time in treatment, referrals, multidisciplinary treatment, and existence of opinions from other specialties. Mean, standard deviation and standard error were calculated for numerical variables. Correlation between variables was also calculated (Spearman test, p<005). RESULTS: From the sample, the majority of the population is urban (90.6%). Masculine gender was predominant (65.9%), with mean age of 15.63 yrs and average schooling of 3.39 yrs. The most frequent diagnoses were phonological disorder (24.5%) and stuttering (12.3%). Despite no statistical correlation between referrals and multidisciplinary treatments, there was a significant correlation among specialties referrals and treatments. CONCLUSION: The population with language disorders was highly heterogeneous and the most frequent disorders can be avoided through simple preventive actions in Speech-Language Pathology.

OBJETIVO: Caracterizar a população com diagnóstico fonoaudiológico de alteração de linguagem, atendida por um centro fonoaudiológico do primeiro setor da capital alagoana. MÉTODOS: Foram analisados dados contidos em 138 prontuários de pacientes com diagnóstico de alteração de linguagem com alta fonoaudiológica, no período de junho de 2000 a junho de 2006. Foram colhidos dados relativos ao gênero, idade no diagnóstico, procedência, escolaridade na admissão, diagnóstico fonoaudiológico, tempo de espera para o início da terapia, tempo de atendimento, encaminhamentos realizados, atendimento interdisciplinar e a presença ou não de pareceres de outras especialidades. Para as variáveis numéricas, determinou-se a média, desvio padrão e erro padrão. A correlação entre as variáveis foi avaliada através do teste de correlação linear de Spearman (p<005). RESULTADOS: A maioria da população atendida procede da capital (90,6%). O gênero masculino predominou na amostra (65,9%), que teve média de idade de 15,63 anos e escolaridade com média de 3,39 anos de estudo; as patologias mais freqüentes foram o desvio fonológico (24,5%) e a gagueira (12,3%). Apesar de não existir correlação estatística entre os encaminhamentos e atendimentos interdisciplinares, a correlação foi demonstrada entre as especialidades de encaminhamentos e atendimentos. CONCLUSÃO: A população com alteração de linguagem é bastante heterogênea e as alterações mais freqüentes poderiam ter sido evitadas por meio de estratégias como ações preventivas em Fonoaudiologia.
Assunto Language
Language disorders
Public health
Linguagem
Transtornos da linguagem
Saúde pública
Idioma Português
Data 2008-01-01
Publicado em Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 13, n. 4, p. 376-380, 2008.
ISSN 1516-8034 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 376-380
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342008000400013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-80342008000400013 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4142

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-80342008000400013.pdf
Tamanho: 149.7Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta