Desempenho de adultos jovens normais em dois testes de resolução temporal

Desempenho de adultos jovens normais em dois testes de resolução temporal

Título alternativo Performance of normal young adults in two temporal resolution tests
Autor Zaidan, Elena Google Scholar
Garcia, Adriana Pontin Autor UNIFESP Google Scholar
Tedesco, Maria Lucy Fraga Autor UNIFESP Google Scholar
Baran, Jane A. Google Scholar
Instituição University of Massachusetts Amherst Department of Communication Disorders
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Faculdades Metropolitanas Unidas
Purdue University
University of Massachusetts Department of Communication Disorders
Resumo BACKGROUND: temporal auditory processing is defined as the perception of sound or of sound alteration within a restricted time interval and is considered a fundamental ability for the auditory perception of verbal and non verbal sounds, for the perception of music, rhythm, periodicity and in the discrimination of pitch, duration and of phonemes. AIM: to compare the performance of normal Brazilian adults in two temporal resolution tests: the Gaps-in-Noise Test (GIN) and the Random Gap Detection Test (RGDT), and to analyze potential differences of performance in these two tests. METHOD: twenty-five college students with normal hearing (11 males and 14 females) and no history of educational, neurological and/or language problems, underwent the GIN and RGDT at 40dB SL. RESULTS: statistically significant gender effects for both tests were found, with female participants showing poorer performance on both temporal processing tests. In addition, a comparative analysis of the results obtained in the GIN and RGDT revealed significant differences in the threshold measures derived for these two tests. In general, significantly better gap detection thresholds were observed for both male and female participants on the GIN test when compared to the results obtained for the RGDT. CONCLUSION: male participants presented better performances on both RGDT and GIN, when compared to the females. There were no differences in performance between right and left ears on the GIN test. Participants of the present investigation, males and females, performed better on the GIN when compared to the RGDT. The GIN presented advantages over the RGDT, not only in terms of clinical validity and sensibility, but also in terms of application and scoring.

TEMA: o processamento auditivo temporal se refere a percepção de um evento sonoro ou de uma alteração no mesmo, dentro de um intervalo definido de tempo e é considerado uma habilidade fundamental na percepção auditiva de sons verbais e não verbais, na percepção de música, ritmo e pontuação e na discriminação de pitch, de duração e de fonemas. OBJETIVO: realizar um estudo comparativo do desempenho de adultos jovens normais nos testes de resolução temporal, Random Gap Detection Test (RGDT) e Gaps-in-Noise (GIN) e analisar diferenças entre esses dois métodos de avaliação. MÉTODO: 25 universitários, 11 homens e 14 mulheres, com audição normal e sem histórico de alterações educacionais, neurológicas e/ou linguagem, foram submetidos ao RGDT e ao GIN, a 40dB NS. RESULTADO: observou-se diferença estatisticamente significante entre os sexos sendo que as mulheres apresentaram pior desempenho nos dois testes. No estudo comparativo dos resultados do RGDT e GIN, observaram-se diferenças significativas no desempenho da amostra. De maneira geral, os limiares de detecção de gap no teste GIN foram melhores do que os limiares obtidos no RGDT. CONCLUSÃO: o sexo masculino teve melhor desempenho tanto no teste RGDT quanto no GIN, quando comparado ao feminino. Além disso, não houve diferença significante nas repostas do GIN nas orelhas direita e esquerda. Os sujeitos deste estudo tiveram melhor desempenho no teste GIN, quando comparado ao RGDT, tanto no sexo masculino quanto no feminino. Portanto, o teste GIN apresentou vantagens sobre o RGDT não apenas quanto à sua validade e sensibilidade, mas também com relação a sua aplicação e correção dos resultados.
Assunto Hearing
Loudness Perception
Adult
Audição
Percepção Sonora
Adulto
Idioma Português
Data 2008-03-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 20, n. 1, p. 19-24, 2008.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Editor Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 19-24
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872008000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872008000100004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4311

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0104-56872008000100004.pdf
Tamanho: 105.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta