Selective hypothermia: an experimental study on traumatic brain injury in rats

Selective hypothermia: an experimental study on traumatic brain injury in rats

Título alternativo Hipotermia seletiva: estudo experimental de traumatismo crânio-encefálico em ratos
Autor Dvilevicius, Amylcar Edemilson Autor UNIFESP Google Scholar
Prandini, Mirto Nelso Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the efficiency of selective hypothermia in the treatment of the traumatic brain injury in rats. METHOD: After the trauma produced for the model of cortical impact, a small craniectomy in the right frontoparietal region was carried through; after the procedure the animals had been divided in two groups of 15 each. Group A, without treatment with hypothermia (control group) and group B, treated with selective hypothermia for a period to 5 to 6 hours. After this time all the animals were sacrificed, their brains had been removed and histopathological analysis was carried through. RESULTS: Comparison between both groups was done using the counting of neurons injured for field. Counting in the control group n=15 had an average of 70.80 neurons injured for field against an average of 21.33 neurons injured for field in group B (submitted to the treatment with hypothermia), with n=15 also. The difference was statiscally significant. CONCLUSION: Based in the quantification of the neurons injured for field, the effectiveness of the treatment with selective hypothermia was demonstrated.

OBJETIVO: Avaliar a eficiência da hipotermia seletiva no tratamento do traumatismo crânio-encefálico (TCe) em ratos. o trauma foi produzido por um modelo de impacto cortical desenvolvido exclusivamente para o estudo. MÉTODO: Após o TCE produzido pelo modelo de impacto cortical, foi realizada pequena craniectomia na região fronto-parietal direita; após o procedimento os animais foram divididos em dois grupos de 15 cada um. o grupo A, sem tratamento com hipotermia (grupo controle) e grupo B, tratado com hipotermia seletiva por período de 5 a 6 horas. depois deste tempo todos os animais foram sacrificados, seus encéfalos foram removidos e realizada a análise anatomopatológica. RESULTADOS: Na comparação entre o grupo tratado com hipotermia e o grupo controle utilizou-se a contagem de neurônios lesados por campo. Tal contagem no grupo A (controle/sem tratamento) com n=15 teve media de 70,80 neurônios lesados por campo contra a media de 21,33 nerônios lesados por campo no grupo B (submetido ao tratamento com hipotermia), com n=15 também. diferença estatísticamente significativa pôde ser demonstrada. CONCLUSÃO: A análise anatomopatológica dos encéfalos dos animais estudados, baseada na quantificação dos neurônios lesados por campo demonstrou efetividade do tratamento com hipotermia seletiva com diferença estatística significativa.
Assunto selective hypothermia
hypothermia
neuroprotection
traumatic brain injury
hipotermia seletiva
hipotermia
neuroproteção
traumatismo crânio-encefálico
Idioma Inglês
Data 2008-06-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 66, n. 2b, p. 391-396, 2008.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Editor Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 391-396
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2008000300021
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2008000300021 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4394

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-282X2008000300021.pdf
Tamanho: 1.232Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta