Crescimento de lactentes não-anêmicos suplementados com diferentes doses profiláticas de ferro

Crescimento de lactentes não-anêmicos suplementados com diferentes doses profiláticas de ferro

Título alternativo Growth in non-anemic infants supplemented with different prophylactic iron doses
Autor Silva, Danielle Goes da Autor UNIFESP Google Scholar
Franceschini, Sylvia do Carmo Castro Autor UNIFESP Google Scholar
Sigulem, Dirce Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal de Viçosa Departamento de Nutrição e Saúde Programa de Pós-Graduação em Ciência da Nutrição
Resumo OBJECTIVE: To compare the effects of different prophylactic iron doses on the growth and nutritional status of non-anemic infants. METHODS: Prospective randomized study. Infants aged 5.0 to 6.9 months who met the inclusion criteria and showed capillary hemoglobin ≥ 11 g/dL were randomly allocated into three groups who received the following prophylactic doses of iron supplement (ferrous sulfate): 1 mg/kg/day (n = 39); 2 mg/kg/day (n = 36); and 25 mg/week (n = 39). This supplementation was given during 16 weeks. Both weight and length were measured. The nutritional status was evaluated by comparing z scores for weight/age, length/age and weight/length based on the World Health Organization (2006) references. Morbidity information was collected during monthly visits. RESULTS: The groups showed similar nutritional status before supplementation. There were no differences in daily nutrient intake among groups. During the study, weight and length gain, and increments in anthropometric indices did not differ statistically among supplemented groups either. The occurrence and duration of morbidity episodes did not differ statistically among groups. In general, improvements were observed in both weight/age and weight/length indices in the population under study, whereas length/age showed no differences before and after supplementation. CONCLUSION: Different prophylactic iron doses had no different effects on the growth and nutritional status of non-anemic infants.

OBJETIVO: Comparar os efeitos de diferentes doses profiláticas de ferro sobre o crescimento e estado nutricional de lactentes não-anêmicos. MÉTODOS: Estudo do tipo prospectivo e randomizado. Lactentes de 5,0 a 6,9 meses de vida que atenderam aos critérios de inclusão e apresentaram hemoglobina capilar ≥ 11 g/dL foram alocados randomicamente em três grupos com doses profiláticas de suplemento de ferro (sulfato ferroso) de 1 mg/kg/dia (n = 39), 2 mg/kg/dia (n = 36) e 25 mg/semana (n = 39). A suplementação durou 16 semanas. Foram avaliados peso e comprimento. O estado nutricional foi avaliado por meio dos escores z do peso/idade, comprimento/idade e peso/comprimento com base na referência da Organização Mundial da Saúde (2006). Os dados de morbidade foram obtidos durante as visitas mensais. RESULTADOS: Antes da suplementação, os grupos apresentaram similar estado nutricional. Não houve diferença entre os grupos na ingestão diária de nutrientes. Durante o estudo, o ganho de peso, o ganho de comprimento e os incrementos nos índices antropométricos não diferiram estatisticamente entre os grupos suplementados. A ocorrência e duração dos episódios de morbidade não diferiram estatisticamente entre os grupos. De modo geral, observaram-se melhorias nos índices peso/idade e peso/comprimento na população estudada, porém o comprimento/idade não apresentou diferenças antes e após a suplementação. CONCLUSÃO: As diferentes doses profiláticas de ferro não exerceram efeito diferenciado sobre o crescimento e estado nutricional dos lactentes não-anêmicos.
Assunto Growth
iron
administration and dosage
infant
iron deficiency anemia
morbidity
Crescimento
ferro
administração e dosagem
lactente
anemia ferropriva
morbidade
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data 2008-08-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 84, n. 4, p. 365-372, 2008.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão 365-372
Fonte http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1817
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000259170300013
SciELO S0021-75572008000400013 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4511

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0021-75572008000400013.pdf
Tamanho: 93.87Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta