Evolução da criança autista a partir da resposta materna ao Autism Behavior Checklist

Evolução da criança autista a partir da resposta materna ao Autism Behavior Checklist

Título alternativo Development of autistic children based on maternal responses to the Autism Behavior Checklist
Autor Tamanaha, Ana Carina Autor UNIFESP Google Scholar
Perissinoto, Jacy Autor UNIFESP Google Scholar
Chiari, Brasilia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: language and speech-language intervention. AIM: to evaluate the development process of autistic children, in a direct and indirect intervention context based on the responses of mothers to the Autism Behavior Checklist. METHOD: the research sample consisted of 11 mothers of children diagnosed, according to the criteria established by the DSM IVtr (APA, 2002), with autism (six) and with Asperger Syndrome (five) and who were seen at the Investigation Laboratory of Global Developmental Disorders of the Federal University of São Paulo. These children were randomly divided into two groups: Six were receiving both direct and indirect intervention (TG), and five were receiving indirect intervention exclusively (OG). The Autism Behavior Checklist (Krug et al., 1993) was used, adapted to the Portuguese language by Marteleto (2003). This behavior checklist (57 items) allows the detailed description of non-adaptable characteristics regarding the following areas: sensory, use of the body and object, Language, Psycho-social and Relational. The questionnaire was filled in during an interview on three occasions: at the beginning of intervention, after six months and at the end of 12 months. RESULTS: after statistical analysis it was observed that there was a greater development in the total scores and in the areas of language, psycho-social and relational for the TG. This suggests a greater development pattern during the studied period for this group. CONCLUSION: the mothers of both groups observed behavioral changes. The better scores observed for the TG is probably related to the effectiveness of direct intervention, and not to the lack of attention of parents in the OG in recognizing behavioral changes in their children.

TEMA: intervenção terapêutica fonoaudiológica. OBJETIVO: avaliar o processo evolutivo da criança autista em contexto de intervenção direta e indireta a partir das respostas das mães ao Autism Behavior Checklist. MÉTODO: a amostra constitui-se de 11 mães de crianças diagnosticadas com autismo infantil (seis) e com sindrome de asperger (cinco), de acordo com os critérios do DSM IVtr (APA,2002) e atendidos no Laboratório de Investigação Fonoaudiológica nos Transtornos Globais do Desenvolvimento da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Essas crianças encontravam-se divididas aleatoriamente em dois grupos: seis crianças em atendimento terapêutico direto e indireto (GT) e cinco apenas em atendimento indireto (GO). Foi utilizado o Autism Behavior Checklist (ABC/ICA) proposto por Krug et al., 1993, traduzido para Língua Portuguesa por Marteleto (2003). Trata-se de uma listagem de comportamentos (57), que permite a descrição detalhada das características não adaptativas nas áreas: sensorial, uso do corpo e objeto, Linguagem, Pessoal-social e Relacional. O questionário foi preenchido sob forma de entrevista para minimizar os efeitos da escolaridade dos pais, em três momentos: inicio de intervenção, após seis meses e ao final de 12 meses. RESULTADOS: após a análise estatística observou-se que houve uma evolução mais acentuada nos escores total e nas áreas de linguagem, pessoal-social e relacional do grupo GT, sugerindo padrão evolutivo maior durante todo o período do estudo. CONCLUSÃO: em ambos os grupos as mães observaram mudanças de comportamentos. A tendência de escores melhores do GT deveu-se, provavelmente a eficácia da intervenção direta e não à falta de atenção dos pais do GO em reconhecer diferenças comportamentais em suas crianças.
Assunto Autism
Asperger Syndrome
Language
Autismo Infantil
Síndrome de Asperger
Linguagem
Idioma Português
Data 2008-09-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 20, n. 3, p. 165-170, 2008.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Editor Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 165-170
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872008000300005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872008000300005 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4557

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0104-56872008000300005.pdf
Tamanho: 84.01Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta