Participação, produção de conhecimento e pesquisa avaliativa: a inserção de diferentes atores em uma investigação em saúde mental

Participação, produção de conhecimento e pesquisa avaliativa: a inserção de diferentes atores em uma investigação em saúde mental

Título alternativo Participation, knowledge production, and evaluative research: participation by different actors in a mental health study
Autor Furtado, Juarez Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Campos, Rosana Onocko Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Resumo This article reflects on the interrelations between participation, knowledge production, and public policy evaluation in light of issues from our own experience with evaluative research on a municipal network of Psychosocial Care Centers (CAPS) in Brazil. The article discusses the coordination of the complex process and the potentials and limits of partnerships for conducting qualitative evaluative studies in mental health with participation by different social actors. The authors conclude that qualitative evaluative research aligned with the perspective of including different points of view representing various segments is the best approach for understanding the numerous spin-offs from the implementation of services linked to the Brazilian psychiatric reform movement, given the inherent specificities of the mental health field.

No presente texto apresentamos considerações sobre pesquisa avaliativa qualitativa e participativa com base em investigação desta natureza realizada junto a uma rede municipal de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS). A coordenação do complexo processo, bem como as potencialidades e limites do estabelecimento de parcerias para a realização de trabalhos de investigação avaliativa qualitativa em saúde mental, com a inclusão de diferentes atores sociais, são aqui discutidas. Concluímos que a pesquisa avaliativa qualitativa aliada à perspectiva de inclusão de distintos pontos de vista dos vários segmentos envolvidos é a que melhor se adequa à compreensão dos muitos desdobramentos oriundos da implementação de serviços ligados ao movimento de reforma psiquiátrica brasileira, dado as especificidades inerentes ao campo da saúde mental.
Assunto Mental Health Services
Health Services Research
Knowledge
Serviços de Saúde Mental
Pesquisa sobre Serviços e Saúde
Conhecimento
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data 2008-11-01
Publicado em Cadernos de Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, v. 24, n. 11, p. 2671-2680, 2008.
ISSN 0102-311X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Extensão 2671-2680
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008001100022
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000261921900022
SciELO S0102-311X2008001100022 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4615

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-311X2008001100022.pdf
Tamanho: 111.2Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta