Significado prognóstico das metástases nos linfonodos regionais do adenocarcinoma colo-retal

Significado prognóstico das metástases nos linfonodos regionais do adenocarcinoma colo-retal

Título alternativo Prognostic significance of regional lymph node metastases in colorectal carcinoma
Autor Bromberg, Sansom Henrique Autor UNIFESP Google Scholar
Barreto, Elci Google Scholar
Moncau, José Eduardo Cajado Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenberg, Saul Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
FMO HSPE
Resumo 320 patients submitted to eurative ressection for colorectal carcinoma was analysed with reference to involved lymph nodes, with the number of their and with the area taken by the tumor. The involved lymph nodes were named invaded when neoplastic nidus cells were present in some of them, with their habitual structure present and destroyed when there was a great extent of node replacement by neoplastic cells, and with many of them with capsular invasion. The extent of noda! metastases were graded from 1 to 4 and more than 4 nodes involved. 120 ( 38,6% ) patients had positive nodes, with 24,2% of invaded type and 75,8% of destroyed type. The five-year survival rate of 191 patients with free lymph nodes was 71,7% . The five-year survival rate of patients with invaded lymph nodes ( 58,6% ) was better than those of patients with destroyed lymph nodes - 29,7% -and showed a similar behaviour to patients with free lymph nodes (p= 0,6705). Those patients showing 5 or more involved lymph nodes have a worse five-year survival rale (20%) than patients with 1 to 4 positive nodes (43,5%). The number of invaded lymph nodes don't was related to survival-rate but patients with 1 to 4 destroyed lymph nodes havea better 5-year survival (37,4%) than patients with more of 4 nodes destroyed (13,3%) The best prognosis of invaded lymph nodes can explain the paradoxical survival of several patients in the DUKES'C class.

Trezentos e vinte doentes com adenocarcinoma colo-retal submetidos a ressecção curativa foram estudados com o intuito de verificar, nas peças ressecadas, o comprometimento ou não dos linfonodos, o número dos acometidos e a área ocupada peia neoplásicas. Chamou-se de linfonodos invadidos aqueles com raros focos de células neoplásicas presentes, que não interferiam na estrutura do nodo e de destruídos àqueles que apresentavam sua estrutura em grande parte ou totalmente ocupada pelo tumor. Os linfonodos positivos foram agrupados em subgrupos contendo 1 a 4 e em mais de 4.120 (38,6%) doentes apresentaram linfonodos comprometidos, dos quais 24,2% eram invadidos e 75,8% destruídos. Portadores de linfonodos livres apresentaram sobrevivência de cinco anos de 71,7%; a sobrevivência de doentes com nodos invadidos - 58,6%- foi significantemente maior que a dos com nodos destruídos - 29,7%, mas não diferiu estatisticamente da apresentada pelos portadores de linfonodos livres. Doentes com mais de 4 linfonodos comprometidos sobreviveram significantemente menos (20,0%) que aqueles com 1 a 4 linfonodos acometidos (43,5%). Entre os portadores de linfonodos invadidos a sobrevivência de 5 anos foi a mesma para os com 1 a 4 ou mais de 4 linfonodos invadidos. Isto não aconteceu com portadores de linfonodos destruídos, onde os com 1 a 4 sobreviveram em cerca de 37,7% e os com mais de 4, 13,3%. Faz-se necessário identificar adequadamente a área ocupada pela neoplasia no linfonodo, pois o comportamento biológico do tipo invadido diferiu substancialmente do destruído. O melhor prognóstico dos portadores de linfonodos invadidos pode explicar a sobrevivência aparentemente paradoxal observada em alguns doentes estadiados na classe C de DUKES.
Assunto Colorcetal cancer
Prognosis
Lymph node
Carcinoma colo-retal
Prognóstico
Linfonodos
Idioma Português
Data 1997-03-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 12, n. 1, p. 67-73, 1997.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 67-73
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86501997000100010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86501997000100010 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/466

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-86501997000100010.pdf
Tamanho: 3.137Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta