Retinopatia da prematuridade limiar em crianças submetidas à terapia com surfactante exógeno endotraqueal

Retinopatia da prematuridade limiar em crianças submetidas à terapia com surfactante exógeno endotraqueal

Título alternativo Threshold retinopathy of prematurity in children undergoing exogenous endotracheal surfactant therapy
Autor Motta, Mário Martins Dos Santos Google Scholar
Farah, Michel Eid Autor UNIFESP Google Scholar
Bonomo, Pedro Paulo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To study the frequency of retinopathy of prematurity (ROP) in any stage and its threshold form in premature infants, either treated or non-treated with exogenous surfactant to neonatal respiratory distress syndrome, and evaluate the response of eyes with threshold retinopathy to ablation treatment. METHODS: One hundred and sixty eight premature infants who weighed 1500 grams or less and/or who had a gestational age of 32 weeks or less, were screened for ROP by ophthalmoscopy. We compared findings in 40 patients treated with exogenous endotracheal surfactant, with those of 128 patients who did not require such therapy. Ablation of ischaemic peripheral retina, either with laser or cryotherapy, was applied in cases of threshold ROP. For statistical analysis Student's t, qui-square, Kruskal-Wallins and Fisher's exact tests were used, with p value of < 0.05 considered as significant. RESULTS: ROP, in any stage, occurred in 51,2% of children. Threshold ROP, requiring treatment, was found in 12 (7,4%) of them and regressed in 9. There was no significant difference between surfactant treated and non-treated patients, regarding the occurrence of ROP and threshold ROP. CONCLUSION: In this study frequency of ROP can be considered high, when compared with other series. Children with distress respiratory syndrome, treated with surfactant, did not show a higher risk of threshold ROP. Treatment was successfull in promoting disease regression.

OBJETIVO: Estudar a freqüência da retinopatia da prematuridade (ROP) em qualquer estadiamento e da retinopatia da prematuridade limiar em prematuros que usaram ou não surfactante endotraqueal, para tratamento da síndrome da membrana hialina e avaliar a resposta dos olhos que necessitaram tratamento de ablação da retina periférica. MÉTODOS: Cento e sessenta e oito prematuros, nascidos com 1.500 gramas ou menos e/ou idade gestacional de 32 semanas ou menos, foram triados para a ROP por avaliação oftalmoscópica. Foram comparados os achados de 40 crianças tratadas pelo surfactante endotraqueal com os de 128 que não precisaram desta terapia. A ablação da retina periférica, com laser ou crioterapia, foi realizada nos pacientes com ROP limiar. Para análise estatística foram usados os testes t de Student, qui-quadrado e Kruskal-Wallis, além do teste exato de Fisher com significância para p<0,05. RESULTADOS: A ROP, em qualquer estadiamento, ocorreu em 51,2% dos casos. ROP limiar ocorreu em 12 pacientes (7,4%). Não houve diferença, estatisticamente significativa, entre os pacientes que usaram e os que não usaram o surfactante, em relação à presença de ROP e de ROP limiar. Com o tratamento de ablação da retina periférica, 9 (75%) dos 12 bebês com ROP limiar tiveram regressão da doença. CONCLUSÃO: A freqüência da ROP nesta casuística pode ser considerada elevada quando comparada com outros estudos. Crianças com síndrome da membrana hialina, tratadas com o surfactante, não apresentaram maior risco de ROP limiar. O tratamento foi eficaz para promover regressão da ROP limiar.
Assunto Retinopathy of prematurity
Pulmonary surfactants
Infant, premature
Retinopatia da prematuridade
Surfactantes pulmonares
Prematuro
Idioma Português
Data 2008-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Oftalmologia. Sociedade Brasileira de Oftalmologia, v. 67, n. 6, p. 292-296, 2008.
ISSN 0034-7280 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Extensão 292-296
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72802008000600005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72802008000600005 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4700

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-72802008000600005.pdf
Tamanho: 121.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta