Clinical and neuropsychological profile in a sample of children with attention deficit hyperactivity disorders

Clinical and neuropsychological profile in a sample of children with attention deficit hyperactivity disorders

Título alternativo Perfil clínico e neuropsicológico de crianças com transtorno do deficit de atenção e hiperatividade
Autor Rizzutti, Sueli Autor UNIFESP Google Scholar
Sinnes, Elaine Girão Autor UNIFESP Google Scholar
Scaramuzza, Luzia Flavia Autor UNIFESP Google Scholar
Freitas, Lívia Autor UNIFESP Google Scholar
Pinheiro, Denise Autor UNIFESP Google Scholar
Palma, Sonia M. Autor UNIFESP Google Scholar
Mello, Claudia Berlim Autor UNIFESP Google Scholar
Miranda, Mônica Carolina Autor UNIFESP Google Scholar
Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Muszkat, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The aim of this study was to evaluate clinical and neuropsychological findings in children with suspicion of attention deficity hyperactivity disorder (ADHD). The assessment involved 150 children aged 7 to 14 referred to NANI at UNIFESP. RESULTS: 75 children (55 M and 20 F) fulfilled the criteria for ADHD, among which 35 were of the inattentive type, 28 of combined type and 12 were hyperactive/impulsive. There was negative correlation between the digit score and the Corsi test. Children with hyperactivity and impulsivity had a low performance for functional memory. Children with oppositional defiant disorder presented pattern changes in adaptability when there was a change in the rhythm the stimuli were presented and lower adaptation to time variability (Hit RT), in addition to higher rates of omission in the continuous performance test. CONCLUSION: This study suggests multiple interrelations between the scores of neuropsychological battery useful for detailed delimitation of the clinical profile of children with ADHD.

O objetivo deste trabalho foi delimitar indicadores clínicos e neuropsicológicos em crianças com suspeita de transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDA/H). Foram avaliadas 150 crianças (idade de 7 a 14 anos) encaminhados ao NANI da UNIFESP. RESULTADOS: 75 crianças (55 M e 20 F) preenchiam os critérios para o TDA/H, dentre os quais 35 (46,6%) pacientes eram desatentos, 28 do tipo combinado e 12 do tipo hiperatividade/impulsivo. Observou-se correlação negativa com o escore de dígitos e no escore do teste de Corsi. Crianças com hiperatividade e impulsividade apresentaram baixo desempenho nas funções relacionadas à memória operacional. Crianças com transtorno opositor desafiante apresentaram alterações nos padrões de adaptação às mudanças do ritmo com menor adaptação às variações do tempo de exposição aos estímulos (Hit RT), além de maiores taxas de omissão no teste contínuo de performance. CONCLUSÃO: Este estudo sugere múltiplas interrelacões entre os escores em provas neuropsicológicas que são úteis para uma delimitação do perfil clínico de crianças com TDAH.
Assunto attention deficit disorder
children
hyperactivity
multidisciplinary
comorbities
transtorno do déficit de atenção
crianças
hiperatividade
multidisciplinar
comorbidades
Idioma Inglês
Data 2008-12-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 66, n. 4, p. 821-827, 2008.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Editor Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 821-827
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2008000600009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2008000600009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4715

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-282X2008000600009.pdf
Tamanho: 248.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta