Tratamento da síndrome do túnel ulnar pela técnica da epicondilectomia parcial medial do cotovelo

Tratamento da síndrome do túnel ulnar pela técnica da epicondilectomia parcial medial do cotovelo

Título alternativo Treatment of cubital tunnel syndrome using the technique of medial partial epicondylectomy of the elbow
Autor Viveiros, Marcio Eduardo De Melo Autor UNIFESP Google Scholar
Matsumoto, Marcelo Hide Autor UNIFESP Google Scholar
Bastos, Thiago Bernardes Autor UNIFESP Google Scholar
Moraes, Marcio José Soares De Autor UNIFESP Google Scholar
Uehara, Anderson Autor UNIFESP Google Scholar
Pereira, Henrique Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: The authors made a retrospective analysis of the results of 21 cases of cubital syndrome that were surgically treated with the partial medial epicondylectomy. METHODS: From February 2001 to October 2006, 21 patients with cubital tunnel syndrome were treated with the technique of elbow partial medial epicondylectomy associated to neurolysis of the ulnar nerve. Of these patients, 12 (57.1%) were male. The right side was involved in 15 (71.4%). Mean age of the patients was 51.6 years. According to McGowan classification, six (28.6%) patients were grade I, 11 (52.3%), grade II, and four (19.1%), grade III in the preoperative period. RESULTS: The mean post-operative follow-up time was 25.7 months. In the post-operative period, patients were evaluated according to the Bishop score scale, and nine of them (42.8%) showed excellent results, seven (33.3%) had good results, three (14.2%), regular, and two patients (9.5%) had poor results. The authors did not find in this series any complications represented by residual valgus instability, permanent lesion of the ulnar nerve, recurrent compression, or subluxation of the ulnar nerve. Complications found were the loss of the movement arch in one case (4.7%), superficial infection in one case (4.7%), and residual pain in one case (4.7%). CONCLUSION: The results allow for the conclusion that partial medial epicondylectomy of the elbow associated to neurolysis of the ulnar nerve is effective and safe to treat cubital tunnel syndrome.

OBJETIVO: Analisamos retrospectivamente os resultados de 21 casos de síndrome cubital tratados cirurgicamente com a técnica da epicondilectomia parcial medial. MÉTODOS: No período de fevereiro de 2001 a outubro de 2006, 21 pacientes com síndrome do canal cubital foram tratados pela técnica da epicondilectomia parcial medial do cotovelo associada à neurólise do nervo ulnar. Destes, 12 (57,1%) eram do sexo masculino. O lado direito foi o acometido em 15 (71,4%) pacientes. A média da idade dos pacientes foi de 51,6 anos. Pela graduação de McGowan, seis (28,6%) pacientes encontravam-se no grau I, 11 (52,3%), no grau II e quatro (19,1%), no grau III do período pré-operatório. RESULTADOS: O tempo médio de acompanhamento pós-operatório foi de 25,7 meses. No pós-operatório, os pacientes foram avaliados conforme a escala de pontos de Bishop, sendo que nove (42,8%) apresentavam resultados excelentes, sete (33,3%), bons, três (14,2%), regulares e dois (9,5%), ruins. Nesta série, não se encontraram como complicações a instabilidade em valgo residual, a lesão permanente do nervo ulnar, a recidiva da compressão ou a subluxação do nervo ulnar. As complicações encontradas foram perda do arco de movimento em um (4,7%) caso, infecção superficial em um (4,7%) e um (4,7%) com dor residual. CONCLUSÃO: Os resultados apresentados permitem concluir que a epicondilectomia parcial medial do cotovelo associada à neurólise do nervo ulnar é eficiente e segura para o tratamento da síndrome do canal cubital.
Assunto Cubital tunnel syndrome
Tennis elbow
Retrospective studies
Síndrome do túnel ulnar
Cotovelo de tenista
Estudos retrospectivos
Idioma Português
Data 2008-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Ortopedia. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 43, n. 11-12, p. 490-496, 2008.
ISSN 0102-3616 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Extensão 490-496
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162008001100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-36162008001100004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4739

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-36162008001100004.pdf
Tamanho: 23.57Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta