CD34-positive cells and their subpopulations characterized by flow cytometry analyses on the bone marrow of healthy allogenic donors

CD34-positive cells and their subpopulations characterized by flow cytometry analyses on the bone marrow of healthy allogenic donors

Título alternativo Células CD34-positivas e suas subpopulações caracterizadas por análise de citometria de fluxo em doadores para transplante alogênico de medula óssea
Autor Carvalho, Jerusa Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Souza, Marlon Knabben de Autor UNIFESP Google Scholar
Buccheri, Valéria Google Scholar
Rubens, Cláudia Viviane Google Scholar
Kerbauy, José Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, José Salvador Rodrigues de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Fundação Maria Cecília Couto Vidigal Head of Laboratory of Cell Biology
Fundação Maria Cecília Couto Vidigal Biochemistry researcher in the Cell Biology Laboratory
Resumo CONTEXT AND OBJECTIVE: Counting and separating hematopoietic stem cells from different sources has importance for research and clinical assays. Our aims here were to characterize and quantify hematopoietic cell populations in marrow donors and to evaluate CD34 expression and relate this to engraftment. DESIGN AND SETTING: Cross-sectional study on hematopoietic stem cell assays, using flow cytometry on donor bone marrow samples, for allogenic transplantation patients at two hospitals in São Paulo. METHODS: Immunophenotyping of marrow cells was performed in accordance with positive findings of CD34FITC, CD117PE, CD38PE, CD7FITC, CD33PE, CD10FITC, CD19PE, CD14FITC, CD13PE, CD11cPE, CD15FITIC, CD22PE, CD61FITC and CD56PE monoclonal antibodies in CD45PerCP+ cells, searching for differentiation and maturation regions. CD34+ sorting cells were analyzed for CD38 and CD117. Rh-123 retention was done before and after sorting. Antigen expression and CD34+ cells were correlated with engraftment. RESULTS: In region R1, 0.1% to 2.8% of cells were CD34+/CD45+ and 1.1%, CD34+/CD45-. The main coexpressions of CD45+ cells were CD38, CD22, CD19 and CD56 in R2 and CD33, CD11c, CD14, CD15 and CD61 in R3 and R4. After sorting, 2.2x10(6) CD34+ cells were equivalent to 4.9% of total cells. Coexpression of CD34+/CD38+ and CD34+/CD117+ occurred in 94.9% and 82% of events, respectively. There was a positive relationship between CD34+ cells and engraftment. More than 80% of marrow cells expressed high Rh-123. CD34+ cell sorting showed that cells in regions of more differentiated lineages retained Rh-123 more intensively than in primitive lineage regions. CONCLUSION: We advocate that true stem cells are CD34+/CD45-/CD38-/low-Rh-123 accumulations.

CONTEXTO E OBJETIVO: A contagem e separação de células-tronco hematopoéticas de diferentes fontes tem importância para ensaios clínicos e pesquisa basica. Nosso objetivo foi caracterizar e quantificar as populacões de células hematopoéticas, bem como avaliar a expressão do antígeno CD34 em populações mais primitivas e correlacioná-las com a enxertia nos doadores de medula óssea para transplante alogênico. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo transversal no qual a diferenciação e a seleção de células-tronco hematopoéticas foram realizadas em amostras de medula óssea de doadores de pacientes submetidos a transplante alogênico nos Hospitais São Paulo e Santa Marcelina, São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Imunofenotipagem de células mononucleares de medula óssea foi feita na população de células CD45PerCP+ com os seguintes anticorpos: CD34FITC, CD117PE, CD38PE, CD7FITC, CD33PE, CD10FITC, CD19PE, CD14FITC, CD13PE, CD11cPE, CD15FITC, CD22PE, CD61FITC e CD56PE. Após a definição de regiões de células positivas ao CD34, estas células foram selecionadas e analisadas para a co-expressão do CD38 e CD117. Células mononucleares totais de medula óssea e aquelas obtidas após a seleção foram testadas para a retenção de Rh-123. O teste de Friedman e o coeficiente de Sperman foram utilizados para comparar as expressões e correlacionar a contagem de células CD34+ com a enxertia. RESULTADOS: Na região R1, 0,1% a 2,8% das células foram CD34+/CD45+, porém apenas 1,1% das células foram CD34+/CD45-. As principais co-expressões de células CD45+ foram CD38, CD22, CD19 e CD56 na região R2 e CD33, CD11c, CD14, CD15 e CD61 nas regiões R3 e R4. Após a seleção, a mediana de 2,2x106 células CD34+ foi equivalente a 4,9% do total mediano de células da medula óssea. Co-expressões de células CD34+/CD38+ e CD34+/CD117+ ocorreram em 94,95 e 82%, respectivamente. Houve relação positiva entre o número de células CD34+ infundidas e o dia da enxertia. Observamos que mais de 80% das células mononucleares de medula óssea retêm intensamente a Rh-123. Após a seleção, células localizadas em regiões de maior diferenciação, regiões R3 e R4, acumulam mais fortemente a Rh-123 do que células mais primitivas da região R1. CONCLUSÃO: Postulamos que a célula tronco hematopoética mais primitiva expressa o seguinte fenótipo: CD34+/CD45-/CD38-/Rh-123 de baixa retenção.
Assunto Hematopoietic stem cells
Immunophenotyping
Antigens, CD34
Hematopoiesis
Bone marrow transplantation
Células-tronco hematopoéticas
Imunofenotipagem
Antígeno CD34
Hematopoese
Transplante de medula óssea
Idioma Inglês
Data 2009-01-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 127, n. 1, p. 12-18, 2009.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 12-18
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802009000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802009000100004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4762

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-31802009000100004.pdf
Tamanho: 364.2Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta