Impacto de dois programas de educação nutricional sobre o risco cardiovascular em pacientes hipertensos e com excesso de peso

Impacto de dois programas de educação nutricional sobre o risco cardiovascular em pacientes hipertensos e com excesso de peso

Título alternativo Impact of two nutritional education programs on cardiovascular risk in overweight hypertensive patients
Autor Alvarez, Tatiana Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Zanella, Maria Teresa Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE:To evaluate and compare the effects of two study protocols with a program of educational nutrition intervention on CARDIOVACULAR risk in overweight hypertensive patients maintained on their usual medication. Patients were followed at Hypertension and Metabology Division of Federal University of São Paulo. METHODS: Sixty tree overweight [body mass index >27 e <39kg/m²] hypertensive patients, age M=55,7 (Standard deviation - SD=6,1) years old, 12 men and 51 women, were divided into two groups according to visit intervals, either every five weeks (G35 n=25) or every two weeks (G14 n=38), during twenty weeks. The two groups were submitted to an educational program aiming to improve the quality of their diet and to promote changes in their alimentary habits. Before and at the end of the study period, all patients were submitted to blood pressure determinations, to anthopometric measurements and to laboratorial evaluation for the calculation of Framingham coronary risk. RESULTS:At the end of the study significant and similar changes in body mass index, waist circumference (102,9, SD=9,7 vs 101,8, SD=7,6 NS), systolic blood pressure (139,7, SD=12,4 vs 134,8, SD=8,2 NS), total cholesterol (192,9, SD=35,7 vs 195,2, SD=37,8 NS), energy intake (1759,5, SD=385,8 vs 1858,7, SD=452,8 NS) and Framingham coronary risk (11,1, SD=6,1 vs 9,4, SD=3,5 NS) we observed in G14 and G35 groups respectively. CONCLUSION: A short program of nutritional intervention was shown to be useful to reduce coronary risk in overweight hypertensive patients despite a very small change in body weight. A higher frequency of visits did not achieve better results, with a monthly visit being enough for positive changes although with a higher rate of drop outs.

OBJETIVO:Comparar os efeitos de dois protocolos de um programa de intervenção nutricional sob o risco cardiovascular em pacientes hipertensos e com excesso de peso em uso de medicamentos usual. Os pacientes foram acompanhados no Ambulatório de Hipertensão e Metabologia Cardiovascular, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). MÉTODOS:A população do estudo foi constituída por 63 pacientes hipertensos e com excesso de peso [índice de massa corporal >27 e <39kg/m²], com a média de idade de M=55,7, DP=6,1 anos; 12 homens e 51 mulheres, divididos em dois grupos de acordo com a freqüência das visitas, a cada cinco semanas (G35 n=25) ou a cada duas semanas (G14 n=38), durante 20 semanas. Os dois grupos foram submetidos a um programa de intervenção nutricional que englobou atendimentos em grupos, nos quais foram abordados conceitos de alimentação saudável. No início e no término do período do estudo, todos os pacientes foram submetidos a medidas de pressão arterial, avaliação antropométrica e avaliação laboratorial para cálculo do Risco Coronariano de Framingham. RESULTADOS:Ao término do estudo, foi observada redução no índice de massa corporal, na circunferência da cintura (M=102,9, DP=9,7cm vs M=101,8, DP=7,6cm NS), na pressão arterial sistólica (M=139,7, DP=12,4mmHg vs M=134,8, DP=8,2mmHg NS), no colesterol total sérico (M=192,9, DP=35,7mg/dL vs M=195,2, DP=37,8mg/dL NS), no consumo energético referido (M=1759,5, DP=385,8Kcal vs M=1858,7, DP=452,8kcak NS) e no RCF (M=11,1, DP=6,1 vs M=9,4, DP=3,5 NS). CONCLUSÃO:A intervenção nutricional educativa de curto prazo, se mostrou eficaz para redução do risco cardiovascular em pacientes hipertensos e com excesso de peso. Em relação a freqüência das visitas, pôde-se verificar que a visita mensal já produz resultados positivos no sentido de modificar os hábitos alimentares e reduzir o risco cardiovascular.
Assunto Cardiovascular disease
Nutrition education
Factors risk
Hypertension
Doenças cardiovasculares
Educação nutricional
Fatores de risco
Hipertensão
Idioma Português
Data 2009-02-01
Publicado em Revista de Nutrição. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, v. 22, n. 1, p. 71-79, 2009.
ISSN 1415-5273 (Sherpa/Romeo)
Editor Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Extensão 71-79
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732009000100007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1415-52732009000100007 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4863

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1415-52732009000100007.pdf
Tamanho: 119.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta