Prescription errors in Brazilian hospitals: a multi-centre exploratory survey

Prescription errors in Brazilian hospitals: a multi-centre exploratory survey

Título alternativo Erros de prescrição em hospitais brasileiros: um estudo exploratório multicêntrico
Autor Miasso, Adriana Inocenti Google Scholar
Oliveira, Regina Célia De Google Scholar
Silva, Ana Elisa Bauer De Camargo Google Scholar
Lyra Junior, Divaldo Pereira De Google Scholar
Gimenes, Fernanda Raphael Escobar Google Scholar
Fakih, Flávio Trevisan Autor UNIFESP Google Scholar
Cassiani, Sílvia Helena De Bortoli Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade de Pernambuco Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças
Universidade Federal de Goiás Faculdade de Enfermagem
Universidade Federal de Sergipe Faculdade de Farmácia
Universidade Camilo Castelo Branco
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo In Brazil, millions of prescriptions do not follow the legal requirements necessary to guarantee the correct dispensing and administration of medication. This multi-centre exploratory study aimed to analyze the appropriateness of prescriptions at four Brazilian hospitals and to identify possible errors caused by inadequacies. The sample consisted of 864 prescriptions obtained at hospital medical clinics in January 2003. Data was collected by three nurse researchers during one week using a standard data sheet that included items about: the type of prescription; legibility; completeness; use of abbreviations; existence of changes and erasures. There were statistically significant differences between incomplete electronic prescriptions at hospital A, and handwritten ones from hospitals C (Ç2 = 12.703 and p < 0.001) and D (Ç2 = 14.074 and p < 0.001). Abbreviations were used in more than 80% of prescriptions at hospitals B, C and D. Changes were found in prescriptions at all hospitals, with higher levels at hospitals B (35.2%) and A (25.3%). This study identified a range of vulnerable points in the prescription phase of the medication system at the hospitals. Physicians, pharmacists and nurses should therefore jointly propose strategies to avoid these prescription errors.

No Brasil, milhões de prescrições não apresentam os requisitos legais necessários para garantir a correta dispensação e administração dos medicamentos. Este estudo multicêntrico exploratório objetivou analisar a adequação das prescrições em quatro hospitais brasileiros e identificar eventuais erros causados pelas inadequações. A amostra consistiu de 864 prescrições obtidas nas clínicas médicas dos hospitais em janeiro de 2003. Os dados foram coletados por três enfermeiras durante uma semana através de instrumento estruturado com variáveis sobre: tipo de prescrição; legibilidade; completude; presença de abreviações, alterações e rasuras. Houve diferenças estatisticamente significativas entre prescrição eletrônica no hospital A e manuscritas nos C (Ç2 = 12,703 e p < 0,001) e D (Ç2 = 14,074 e p < 0,001). Abreviações foram usadas em mais de 80% das receitas nos hospitais B, C e D. Alterações foram encontradas em prescrições de todos os hospitais, com níveis mais elevados no B (35,2%) e A (25,3%). Este estudo identificou uma série de pontos vulneráveis na fase prescrição dos sistemas de medicação dos hospitais. Portanto, médicos, farmacêuticos e enfermeiros deverão juntos propor estratégias para evitar erros de prescrição.
Assunto Medication Errors
Medication Systems
Drug Prescriptions
Erros de Medicação
Sistemas de Medicação
Prescrição de Medicamentos
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data 2009-02-01
Publicado em Cadernos de Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, v. 25, n. 2, p. 313-320, 2009.
ISSN 0102-311X (Sherpa/Romeo)
Editor Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Extensão 313-320
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2009000200009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-311X2009000200009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4889

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-311X2009000200009.pdf
Tamanho: 101.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta