Atitudes frente a aspectos relevantes da prática médica: estudo transversal randomizado com alunos de segundo e sexto anos

Atitudes frente a aspectos relevantes da prática médica: estudo transversal randomizado com alunos de segundo e sexto anos

Título alternativo Attitudes toward relevant aspects of medical practice: a cross-sectional study with a random sample of second- and sixth-year students
Autor Mascia, Adriana Rainha Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Fernanda Braga Autor UNIFESP Google Scholar
Lucchese, Ana Cecilia Autor UNIFESP Google Scholar
De Marco, Mario Alfredo Autor UNIFESP Google Scholar
Nogueira-Martins, Maria Cezira Fantini Autor UNIFESP Google Scholar
Nogueira-Martins, Luiz Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo Instituto de Saúde
Resumo This was a cross-sectional study with two random samples: 50 second-year and 50 sixth-year undergraduate medical students. An open-ended questionnaire was applied, in addition to a scale known as the Instrument for evaluating medical students' attitudes towards key aspects of medical practice (Colares, 2002). The scale contains 52 questions on: 1. Psychological and emotional aspects of physical and mental illness; 2. managing situations related to death; 3. primary healthcare; 4. aspects related to mental illness; 5. the physician's contribution to scientific progress in medicine; and 6. other aspects of medical work and health policies. The attitudes are categorized as positive, negative, or conflictive. According to the findings, students had positive attitudes towards at least three of the six aspects. Second-year and sixth-year students differed significantly (chi² = 6.901, d.f. = 1, p < 0.05) in their attitudes toward factor 2 (managing situations related to death).

Estudo transversal com duas amostras randomizadas de 50 alunos do segundo e 50 do sexto ano de graduação em Medicina. Foi aplicado um questionário com questões abertas e a escala Instrumento de avaliação de atitudes de estudantes de medicina frente a aspectos relevantes da prática médica (Colares, 2002). A escala contém 52 questões referentes à: 1. Aspectos psicológicos e emocionais nas doenças orgânicas e mentais; 2. Manejo de situações relacionadas à morte; 3. Atenção primária à saúde; 4. Aspectos relacionados à doença mental; 5. Contribuição do médico ao avanço científico da medicina; 6. Outros aspectos relacionados à atuação médica e às políticas de saúde. As atitudes são categorizadas em positivas, negativas e conflitantes. Observou-se que os estudantes apresentaram atitudes positivas frente a pelo menos três dos seis aspectos abordados; os alunos do segundo ano e do sexto ano apresentaram diferença estatisticamente significativa (chi² = 6,901, g.l. = 1, p < 0,05) nas atitudes relacionadas ao fator 2 (manejo de situações relacionadas à morte).
Assunto Attitudes
Attitude to death
Education Medical
Students Medical
Mental health
Atitude
Atitude frente a morte
Educação médica
Estudante de medicina
Saúde mental
Idioma Português
Data 2009-03-01
Publicado em Revista Brasileira de Educação Médica. Associação Brasileira de Educação Médica, v. 33, n. 1, p. 40-48, 2009.
ISSN 0100-5502 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Brasileira de Educação Médica
Extensão 40-48
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022009000100006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-55022009000100006 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4928

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-55022009000100006.pdf
Tamanho: 121.8Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta