Phonarticulatory diadochokinesis in young and elderly individuals

Phonarticulatory diadochokinesis in young and elderly individuals

Título alternativo Diadococinesia fonoarticulatória em jovens e idosos
Autor Padovani, Marina Martins Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Gielow, Ingrid Autor UNIFESP Google Scholar
Behlau, Mara Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The phonoarticulatory diadochokinesis test has been recommended to evaluate neurological disorders. It is a speech task that consists of the ability to repeat at high speed a segment of speech. The purpose of this research is to analyze the diadochokinesia rate of adults from two distinct age groups. 23 young aice and speech analysis software Visi-Pitch III/Sona-Speech, KayElemetrics. Both groups presented with reduced diadochokinesia rate as the speech production became more complex. The young adults group presented with higher diadochokinesia rate in adults and 23 elderly people, both sexes participated in this study. Each participant produced the /pa/, /ta/, /ka/ syllables, the vowel /a/ and the /pataka/ sequence, as fast and as long as they could with habitual pitch and loudness. The speech samples were analyzed by using the voll speech tasks while the elderly adults group had a worse intensity control.

A prova de diadococinesia fonoarticulatória tem sido recomendada para transtornos neurológicos, sendo uma tarefa de fala que consiste na habilidade de realizar rápidas repetições de segmentos de fala. O objetivo deste estudo é analisar a velocidade de diadococinesia em sujeitos adultos em dois grupos etários distintos. Participaram 23 adultos jovens e 23 idosos, de ambos os sexos. Cada indivíduo emitiu as sílabas /pa/, /ta/, /ka/, a vogal /a/ e a seqüência /pataka/, o mais rapidamente e durante o maior tempo possível, em sua freqüência e intensidade habituais. Estas emissões foram analisadas no programa computadorizado de análise de voz e fala Visi-Pitch III/Sona-Speech, da KayElemetrics. Ambos os grupos apresentaram redução da velocidade diadococinética à medida que as emissões foram mais complexas. O grupo mais jovem apresentou velocidade diadococinética maior em todas as emissões enquanto o grupo de idosos teve pior controle de intensidade.
Assunto speech
speech articulation tests
speech production measurement
speech acoustics
fala
testes de articulação da fala
medida de produção da fala
acústica da fala
Idioma Inglês
Data 2009-03-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 67, n. 1, p. 58-61, 2009.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Editor Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 58-61
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2009000100015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2009000100015 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4934

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-282X2009000100015.pdf
Tamanho: 176.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta