Declínio funcional de idosa institucionalizada: aplicabilidade do modelo da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde

Declínio funcional de idosa institucionalizada: aplicabilidade do modelo da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde

Título alternativo Functional decline of an institutionalized elderly woman: applicability of the model of the International Classification of Functioning, Disability and Health
Autor Depolito, Carolina Google Scholar
Leocadio, Priscilla Lassi Losano De Faria Google Scholar
Cordeiro, Renata Cereda Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The purpose of this study was to analyse the clinical functional evolution of an elderly institutionalized woman, focussing on the way socioeconomic context and family-related conditions influenced her health, as well as to discuss the probable relationship between contextual events and the patient's functional decline, by following the conceptual model of the International Classification of Functioning, Disability, and Health (ICF). ICF was created by the World Health Organization to address different areas of health and to establish a common language in health description, allowing a multidimensional description of direct and indirect factors related to the clinical-functional framework, targeting interprofessional interventions both in outpatient clinics and in institutional environment. The patient went through distinct stages in the long-term care facility, and deceased after 12 months. The discussion of the case allows for planning better strategies that can be used to deal with similar events.

O objetivo deste estudo é relatar a evolução clínico-funcional de uma idosa residente em instituição de longa permanência (ILPI), descrevendo a influência das condições contextuais (socioeconômicas e familiares) em sua saúde, bem como discutir a provável relação entre os eventos e seu declínio funcional utilizando o modelo conceitual da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). A CIF foi elaborada pela Organização Mundial de Saúde para atender a diferentes setores e estabelecer uma linguagem comum na descrição da saúde, permitindo uma abrangência multidimensional dos fatores direta e indiretamente relacionados ao quadro clínico-funcional, bem como intervenções de caráter interprofissional na clínica ou no ambiente institucional. A paciente passou por diferentes momentos na ILP e foi a óbito após 12 meses. A discussão do caso permite planejar melhores estratégias para lidar com os eventos adversos à saúde que podem ocorrer nesse contexto.
Assunto Frail elderly
Home for the aged
International classification of functioning
disability and health
Idoso fragilizado
Instituição de longa permanência para idosos
Classificação internacional de funcionalidade
incapacidade e saúde
Idioma Português
Data 2009-06-01
Publicado em Fisioterapia e Pesquisa. Universidade de São Paulo, v. 16, n. 2, p. 183-189, 2009.
ISSN 1809-2950 (Sherpa/Romeo)
Editor Universidade de São Paulo
Extensão 183-189
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1809-29502009000200016
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1809-29502009000200016 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5053

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1809-29502009000200016.pdf
Tamanho: 102.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta