Tratamento cirúrgico das patologias vasculares cerebrais nos pacientes epilépticos

Tratamento cirúrgico das patologias vasculares cerebrais nos pacientes epilépticos

Título alternativo Surgical treatment of cerebral vascular pathologies in epiletic patients
Autor Rassi-neto, Aziz Autor UNIFESP Google Scholar
Ribeiro, Paulo R. Jubé Autor UNIFESP Google Scholar
Prates, Marcello Americano Autor UNIFESP Google Scholar
Muszkat, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Campos, Carlos José Reis De Autor UNIFESP Google Scholar
Ferraz, Fernando A. P. Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Surgery of arteriovenous malformations (AVM) and of cavernous angiomas (cavernoma) in the majority of cases is indicated subsequently to episodes of bleeding. With the development of techniques for diagnosis and surgery for epilepsy of difficult control, indication for surgery of these vascular lesions has become greater. We present nine patients with cerebral vascular lesions and very frequent crises in spite of adequate clinical treatment. Ages ranged from 12 to 42 years with an average of 25 years; there was a prevalence of the male sex (2:1). Surgery consisted of exeresis of the lesion in all cases and in four there was also resection of the perilesional irritative area shown by electrocorticography. The pathologic study of lesions showed five cases of cavernoma, three cases of AVM, and one case of venous angioma. As to localization, we observed three lesions in the temporal lobe, four in the frontal, and two in the parietal region. Outpatient follow-up showed a reduction in crises in all of the patients, and seven evolved seizure free following surgery.

A cirurgia das malformações arteriovenosas (MAV) e dos cavernomas (angioma cavernoso) na maioria das vezes é indicada após episódios de sangramento. Com o desenvolvimento das técnicas de diagnóstico e cirúrgicas na epilepsia de difícil controle, passou a ser cada vez maior a indicação cirúrgica destas lesões vasculares. Apresentamos nove pacientes com lesões vasculares cerebrais e crises muito frequentes, apesar do tratamento clínico adequado. A faixa etária variou de 12 a 42 anos de idade, com média de 25 anos; houve prevalência no sexo masculino (2:1). A cirurgia consistiu na exérese da lesão em todos os casos. Em quatro casos houve também ressecção da área irritativa perilesional, que foi demostrada pela eletrocorticografia. O estudo anatomopatológico das lesões mostrou cinco casos de cavernoma, três de MAV e um de angioma venoso. Quanto à localização, observamos três lesões no lobo temporal, quatro no frontal e duas na região parietal. O acompanhamento ambulatorial mostrou redução das crises em todos os pacientes, sendo que sete evoluíram sem crises após a cirurgia.
Assunto epilepsy
epileptic seizures
surgery
cavernous angioma
arteriovenous malfomations
epilepsia
crises epilépticas
cirurgia
angioma cavernoso
malformação arteriovenosa
Idioma Português
Data 1997-09-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 55, n. 3A, p. 408-412, 1997.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Editor Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 408-412
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1997000300009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X1997000300009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/522

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-282X1997000300009.pdf
Tamanho: 663.9Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta