Uso do suporte ventilatório com pressão positiva contínua em vias aéreas (CPAP) por meio de máscara nasofacial no tratamento da insuficiência respiratória aguda

Uso do suporte ventilatório com pressão positiva contínua em vias aéreas (CPAP) por meio de máscara nasofacial no tratamento da insuficiência respiratória aguda

Título alternativo Continuous positive airway pressure (CPAP) by face mask to treat acute respiratory failure
Autor Scarpinella-bueno, M.a. Autor UNIFESP Google Scholar
Llarges, C.m. Autor UNIFESP Google Scholar
Isola, A.m. Autor UNIFESP Google Scholar
Holanda, M.a. Autor UNIFESP Google Scholar
Rocha, R.t. Autor UNIFESP Google Scholar
Afonso, J.e. Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE. To evaluate the efficacy of continuous positive airway pressure (CPAP) administered by face mask in patients with acute respiratory failure with indication of mechanical ventilation. MATERIALS AND METHOD. Eleven patients (mean age 41.3 years) in acute respiratory failure were admitted in the Respiratory Unit - Hospital São Paulo - Escola Paulista de Medicina. At the admission pH, PaO2, PaCO2, respiratory rate (f), arterial pressure and heart rate were measured. The measurements were repeated with administration of oxigen with a high flow face mask at ambient airway pressure and then with 5cm H2O of CPAP by face mask. RESULTS. The use of CPAP by face mask significantly improved the arterial blood oxigenation and decreased the respiratory rate (p<0.05). CONCLUSION. These data allow the conclusion that CPAP administered by face mask improves gas exchange and decreases respiratory rate in patients with acute respiratory failure and may reduce the need for invasive mechanical ventilation.

OBJETIVO. O objetivo dos autores foi avaliar o efeito da ventilação com CPAP oferecida por meio de máscara nasofacial como método de suporte ventilatório em pacientes com insuficiência respiratória aguda com critérios de indicação para intubação traqueal. CASUÍSTICA E MÉTODO. Foram estudados 11 pacientes com idade média de 41,3 anos em insuficiência respiratória aguda internados na Unidade Respiratória do Hospital São Paulo - Escola Paulista de Medicina. À admissão, era colhida gasometria arterial em ar ambiente e monitorizava-se freqüência respiratória (f), freqüência cardíaca (FC) e pressão arterial (PA). Os mesmos parâmetros eram avaliados após oxigenoterapia via máscara facial aberta e com máscara facial de CPAP usando PEEP de 5cm H2O. RESULTADOS. Com o uso de CPAP através de máscara nasofacial, houve melhora significativa dos níveis de PaO2 e diminuição da freqüência respiratória (p<0,05), quando comparados aos valores em ar ambiente e com máscara facial aberta. CONCLUSÃO. Este trabalho permitiu concluir que a máscara facial de CPAP com 5cm H2O foi eficiente em melhorar a oxigenação arterial e diminuir a freqüência respiratória dos pacientes com insuficiência respiratória aguda, proporcionando-lhes maior conforto, constituindo uma medida terapêutica capaz de evitar o suporte ventilatório invasivo.
Assunto Face mask
CPAP
Acute respiratory failure
Máscara facial
CPAP
Insuficiência respiratória aguda
Idioma Português
Data 1997-09-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 43, n. 3, p. 180-184, 1997.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Médica Brasileira
Extensão 180-184
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42301997000300002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-42301997000300002 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/526

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0104-42301997000300002.pdf
Tamanho: 72.65Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta