O enfermeiro não faz marketing pessoal: a história explica por quê?

O enfermeiro não faz marketing pessoal: a história explica por quê?

Título alternativo Nurses are not into personal marketing: do history explain why?
Enfermeros no hacen marketing personal: la historia lo dice por qué?
Autor Gentil, Rosana Chami Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Reflection on the nurse's personal marketing based on beliefs and values explained by the history of the main characters that care for patients. It brings to the surface reflections on the ambiguity between the social image of nursing and scientific, technological and humanistic knowledge developed over the time. It recognizes that there is still a fixation on the attributes relating to attitude and moral of the professionals to the detriment of having high regard for the technical and scientific knowledge. It verifies that the History of Nursing allows understanding that the fight against prejudice in the collective imagination lends weight to the social acceptance and recognition of this profession through the promotion of Nursing Science and the demonstration of its application in the professional practice.

Reflexión sobre el marketing personal del enfermero basado en las creencias y valores que la historia de los protagonistas del cuidado al enfermo explica. Saca a flote reflexiones sobre la ambigüedad entre la imagen social de la enfermería y los conocimientos científicos, tecnológicos y humanísticos que desarrolló a lo largo del tiempo. Reconoce que todavía hay fijación en los atributos relacionados con la postura y moral de los profesionales, en detrimento de la valoración del conocimiento técnico-científico. Constata que el estudio de la Historia de la Enfermería permite comprender que las luchas contra de los perjuicios existentes en la imaginación colectiva tiene importancia en la aceptación y en el reconocimiento social de esta profesión, lo que puede hacerse promocionando la Ciencia de la Enfermería y demostrando su aplicación en la práctica profesional.

Reflexão sobre o marketing pessoal do enfermeiro embasado nas crenças e valores que a história dos protagonistas do cuidado ao enfermo explica. Traz à tona reflexões sobre a ambigüidade entre a imagem social da enfermagem e os conhecimentos científicos, tecnológicos e humanísticos que desenvolveu ao longo do tempo. Reconhece que ainda há fixação nos atributos relativos à postura e moral dos profissionais, em detrimento da valorização do conhecimento técnico-científico. Constata que o estudo da História da Enfermagem leva a compreender que as lutas travadas contra os preconceitos presentes no imaginário coletivo têm importância na aceitação e reconhecimento social dessa profissão e que o caminho para isso está na divulgação da Ciência da Enfermagem e demonstração de sua aplicação na prática profissional.
Assunto History of Nursing
Marketing
Professional practice
História da enfermagem
Marketing
Prática profissional
Idioma Português
Data 2009-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 62, n. 6, p. 916-918, 2009.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 916-918
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672009000600019
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672009000600019 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5369

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-71672009000600019.pdf
Tamanho: 43.54Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta