Avaliação neurológica pelo método Dubowitz em recém-nascidos prematuros com idade corrigida de termo comparada a de nascidos a termo

Avaliação neurológica pelo método Dubowitz em recém-nascidos prematuros com idade corrigida de termo comparada a de nascidos a termo

Título alternativo Neonatal neurological assessment by the Dubowitz method in preterm infants at term corrected age compared with term infants
Autor Golin, Marina Ortega Google Scholar
Souza, Fabíola Isabel S. de Google Scholar
Sarni, Roseli Oselka Saccardo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Nove de Julho cursos de Fisioterapia
FMABC
FMABC Departamento de Pediatria Serviço de Nutrologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
FMABC Departamento de Pediatria
Resumo OBJECTIVE: To compare neonatal neurological assessment of preterm newborn infants at term corrected age with term infants, and to identify the presence of association between neurologic abnormalities in preterm infants and demographic characteristics and neonatal clinical conditions. METHODS: This cross-sectional study enrolled 60 term and 30 preterm infants born at the Mario Covas State Hospital in Santo André, São Paulo, Brazil. The Dubowitz method was applied to assess neurobehavior. The total score cut-offs of 30.5 and 26 were used to compare respectively preterm and term infants and to analyze the variables related to performance in the preterm group. Preterm newborns were evaluated at 37 post-conceptual weeks and the control group was evaluated 48 hours after birth. All newborns were evaluated by the same neurologist, between feedings and at sleep-awake stages 4 or 5. Statistical analysis was performed by association tests. RESULTS: 90% of the preterm infants did not reach the expected score for term age. Underachievement was seen mainly in the domains of muscle tonus, type of muscle tonus and movements. Among the 30 preterm infants included in the study, 57% did not reach a total score > 26. Sepsis was the only complication significantly associated with neurological impairment (p=0.009). CONCLUSION: Preterm newborn infants at 37 weeks corrected age do not accomplish the neurologic performance of term infants. Sepsis was the only clinical variable associated with neurological disabilities.

OBJETIVO: Comparar a avaliação neurológica de recém-nascidos pré-termo em idade de termo com a de recém-nascidos a termo e verificar a presença de associação entre alterações na avaliação neurológica e características e intercorrências clínicas nos prematuros. MÉTODO: Estudo transversal de 60 nascidos a termo e 30 prematuros do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André (SP), avaliados pelo método Dubowitz. Os pontos de corte da pontuação total foram 30,5 e 26 para comparar recém-nascidos pré-termo e a termo, respectivamente. Os prematuros foram avaliados com idade correspondente ao termo, na 37ª semana, e os do grupo controle, 48 horas após o nascimento. Todos os neonatos foram avaliados pela mesma examinadora, entre as mamadas, nos estágios 4 e 5 de sono e vigília. Para análise estatística, utilizaram-se testes de associação. RESULTADOS: 90% dos nascidos pré-termo não atingiram a pontuação esperada para a idade de termo (p<0,0001), com alterações mais evidentes nas dimensões: tônus, tipo de tônus e movimentos. Dentre os prematuros, 57% não atingiram pontuação total igual ou superior a 26. A sepse neonatal foi a única intercorrência associada de maneira significante, com pontuações abaixo da normalidade em recém-nascidos pré-termo (p=0,009). CONCLUSÃO: Os recém-nascidos pré-termo avaliados com 37 semanas de idade corrigida, quando comparados aos nascidos a termo, apresentaram menor pontuação no exame neurológico e apenas a sepse se associou a alterações neurológicas.
Assunto neurologic examination
infant, newborn
infant, premature
developmental disabilities
exame neurológico
recém-nascido
prematuro
deficiências do desenvolvimento
Idioma Português
Data 2009-12-01
Publicado em Revista Paulista de Pediatria. Sociedade de Pediatria de São Paulo, v. 27, n. 4, p. 402-409, 2009.
ISSN 0103-0582 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade de Pediatria de São Paulo
Extensão 402-409
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822009000400009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0103-05822009000400009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5371

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0103-05822009000400009.pdf
Tamanho: 416.7Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta