Reações cutâneas secundárias ao uso dos inibidores do receptor de fator de crescimento epidérmico: relato de dois casos

Reações cutâneas secundárias ao uso dos inibidores do receptor de fator de crescimento epidérmico: relato de dois casos

Título alternativo Cutaneous reactions due to the use of epidermal growth factor receptor inhibitors: two case reports
Autor Rodarte, Camila Martins Google Scholar
Abdallah, Omar Ali Google Scholar
Barbosa, Nadyesda Fagundes Google Scholar
Koch, Ludmila De Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Resende, Uirá Maira Google Scholar
Instituição Hospital Geral de Goiânia Clínica Médica
Hospital Geral de Goiânia Serviço de Oncologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Instituto de Hemoterapia de Goiânia Centro de Oncologia
Resumo An increase in the expression of epidermal growth factor receptors (EGFR) is involved in the stimulation of tumor development. EGFR inhibitors have shown efficacy in the treatment of neoplasms of the head, neck, colon and lung. EGFR when inhibited can cause cutaneous reactions in more than 50% of the patients. They are usually reversible, but when severe, limit the use of the drug. Papulopustulars lesions in the face and upper torso are the most common, as well as xerosis, hair and nail changes. There is a direct relationship between the degree of cutaneous toxicity and the antitumoral response. An adequate dermatologic approach is necessary for an effective therapy against cancer.

O aumento da expressão de receptores do fator de crescimento epidérmico (EGFR) está envolvido no estímulo ao crescimento tumoral. Seus inibidores demonstraram eficácia no tratamento de neoplasias de cabeça e pescoço, cólon e pulmão.A inibição do EGFR pode determinar reações cutâneas em mais de 50% dos pacientes. Em geral, são reversíveis, mas, quando graves, limitam o uso da droga. Lesões papulopustulosas em face e tronco são as mais comuns, além de xerose, alterações ungueais e dos pelos. A intensidade da toxicidade cutânea tem relação direta com a resposta antitumoral. Uma abordagem dermatológica adequada é essencial para dar continuidade à terapia contra o câncer de forma satisfatória.
Assunto Acneiform eruptions
Antibodies, monoclonal
Receptor, epidermal growth factor
Anticorpos monoclonais
Erupções acneiformes
Receptor do fator de crescimento epidérmico
Idioma Português
Data 2009-12-01
Publicado em Anais Brasileiros de Dermatologia. Sociedade Brasileira de Dermatologia, v. 84, n. 6, p. 667-670, 2009.
ISSN 0365-0596 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Dermatologia
Extensão 667-670
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962009000600015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0365-05962009000600015 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5416

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0365-05962009000600015.pdf
Tamanho: 153.5Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta