O Jornal da Paulista: a configuração de um meio de divulgação universitária numa perspectiva histórica

O Jornal da Paulista: a configuração de um meio de divulgação universitária numa perspectiva histórica

Título alternativo Jornal da Paulista: the configuration of a university newspaper in a historical perspective
Autor Teixeira, Carlos Antonio Google Scholar
Silva, Márcia Regina Barros Da Autor UNIFESP Google Scholar
Gallian, Dante Marcello Claramonte Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Centro Universitário Adventista de São Paulo
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This article is the result of a master's research developed at Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde of Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) (2007). It aims to present the description and analysis of the historical trajectory of Jornal da Paulista, the newspaper issued by Escola Paulista de Medicina in 1987, which circulated until 2003, when this institution had already turned into a university. Based on the theoretical framework of the semiotician Eric Landowiski, the trajectory of Jornal da Paulista was divided into three phases. At first, the newspaper was used as a publication targeted at the dissemination of the institution and to respond to the need of internal communication; in the second phase, there was an intensification of the publication of scientific articles; and the third phase was evaluated as a time when the newspaper was fully engaged in the public communication of the health sciences. The conclusion is that Jornal da Paulista was mainly a media channel for the public communication of the health sciences.

Este artigo, decorrência da pesquisa de mestrado realizada no programa do Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) (2007), tem como objetivo apresentar a descrição e a análise da trajetória histórica do Jornal da Paulista, jornal universitário que surgiu na Escola Paulista de Medicina em 1987 e que circulou até 2003, quando esta já havia se transformado em universidade. Partindo do referencial teórico do semiólogo Eric Landowiski, a trajetória do Jornal da Paulista foi dividida em três fases. Na primeira, o jornal foi compreendido como uma publicação direcionada à necessidade de comunicação interna e de divulgação institucional; na segunda fase ocorreu uma intensificação na publicação de matérias de divulgação científica; e a terceira fase foi avaliada como um momento de envolvimento pleno do jornal com a comunicação pública das ciências da saúde. Apontamos que o JP constituiu-se preponderantemente como um veículo de divulgação científica das ciências da saúde.
Assunto Public Communication of Science
University Newspaper
Health Sciences
Divulgação científica
Jornal universitário
Ciências da saúde
Idioma Português
Data 2009-12-01
Publicado em Saúde e Sociedade. Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública., v. 18, n. 4, p. 627-638, 2009.
ISSN 0104-1290 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública.
Extensão 627-638
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-12902009000400007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-12902009000400007 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/5438

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0104-12902009000400007.pdf
Tamanho: 139.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta